Notícia Vip

Vereador Paulistinha cobra da Prefeitura: Onde está sendo aplicado o recurso do FETHAB

O Governo de MT divulgou que Peixoto de Azevedo já recebeu até Junho de 2018 mais de R$ 645 mil.

O vereador Paulistinha deverá apresentar um requerimento direcionado ao Prefeito Municipal de Peixoto de Azevedo solicitando informações oficiais sobre os investimentos nas estradas vicinais. Segundo o parlamentar, o povo precisa saber onde foram aplicados os R$ 645.707,54 de repasses do FETHAB - Fundo Estadual de Transporte e Habitação feito pelo Governador Pedro Taques até o mês de junho de 2018.

“Estarei apresentando um Requerimento ao Prefeito Municipal solicitando informações inerentes a realização de obras de patrolamento, cascalhamento, construção de pontes, bueiros e aterros, além dos gastos deste ano com aquisição de combustível, manutenção e aquisição de maquinários. O valor repassado pelo Governo do Estado é muito significativo, porém as obras e serviços estão aquém do esperado nos assentamentos rurais de Peixoto de Azevedo”, declarou Paulistinha.

Ele disse que as estradas, pontes e bueiros estão precários, dificultando a trafegabilidade e o escoamento dos produtos da agricultura familiar. “Sem estradas não há produção, geração de empregos e a fixação e permanência do homem no campo ficam totalmente comprometidos. São quase R$ 650 mil, precisamos que o dinheiro público seja aplicado nessas prioridades, pois existem assentamentos localizados ha mais de 200 Km da sede do município e estão desprovidos deste tipo de infraestrutura rural”, pontuou o vereador.

Em sua página no Facebook Paulistinha fez questão de divulgar o link da informação inserida no próprio site do Governo de MT.

“Queremos a imediata e urgente recuperação das pontes e bueiros, substituindo as que são de madeira para de concreto ou até mesmo por tubulações de aço corrugado. Pois a verba do FETHAB é justamente para isso”, cobrou o Vereador Democrata, Paulistinha.

Página:

http://www.noticiavip.com.br/noticia//2018/06/11/vereador-paulistinha-cobra-da-prefeitura-onde-esta-sendo-aplicado-o-recurso-do-fethab/2626.html