Ministério é evacuado - Blairo e servidores deixam prédio às pressas

Publicado dia 25/05/2017 às 07h04min | Atualizado dia 25/05/2017 às 07h11min

Manifestantes atearam fogo em sofá e cortinas do prédio do Ministério da Agricultura.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) foi um dos prédios alvo de protestos de manifestantes na tarde desta quarta-feira (24), em Brasília. O ministro mato-grossense Blairo Maggi (PP) e o secretário-executivo Eumar Novacki, que estavam no prédio, deixaram o local as pressas.

Os manifestantes pedem a renúncia do presidente Michel Temer (PMDB) e criticam as reformas trabalhista e da Previdência.

Foram registrados alguns atos de vandalismo no Mapa que resultaram, inclusive, em um incêndio no local.

Equipes do Corpo de Bombeiros estiveram no prédio e, de acordo com informações o fogo foi controlado por volta de 15h (horário de Mato Grosso).

Novacki afirmou que estava em uma reunião com o ministro e sua equipe no momento em que começaram os atos de protesto.

“O ministro Blairo chegou ontem à noite. Hoje ele foi para o expediente no Ministério, estávamos conversando e tomando algumas decisões, no momento que começamos a ver aglomeração ao redor do prédio”, disse.

“Naquele momento eu sugeri que ele deixasse o ministério e ele fez isso. Na sequência, liberei a nossa equipe aos poucos, até para não gerar pânico, e tambem acabei deixando o local”, afirmou o secretário.

Segundo ele, no entanto, não houve qualquer risco à integridade física de nenhum dos servidores.

“Registramos apenas danos materiais. Os manifestantes quebraram vidros, entraram pela entrada privativa do ministério, colocaram fogo em cortinas e um sofá. Mas ninguém ficou ferido”, afirmou Novacki.

"Vandalismo"

Em uma publicação no Facebook, o ministro Blairo Maggi lamentou os protestos ocorrido na Esplanada dos Ministérios.

Segundo ele, as manifestações não podem se tornar atos de "vandalismo".

"Estava em reunião no Ministério da Agricultura com o secretário executivo Eumar Novacki e equipe quando tentaram invadir o prédio. Eles colocaram fogo na entrada privativa, danificando as instalações. Ainda não sabemos a soma dos prejuízos, mas o auditório ficou danificado. Lamentável que as manifestações acabem em vandalismo", escreveu o ministro.

"Isso é péssimo para a democracia brasileira. Ninguém ganha com isso", concluiu Maggi.


Fonte Mídia News


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Notícia Vip, não reflete a opinião deste Portal.