Redes Sociais
Redes Sociais

Direto da Redação

TV Assembléia visita Projetos de Mineração, Piscicultura e Ranicultura

Comissão Ambiental da AL/MT esteve em Peixoto de Azevedo e Matupá para conhecer projetos empreendedores e sustentáveis.

A extração mineral no Vale do Rio Peixoto continua sendo uma das principais e maiores fontes de renda para as cidades da área de abrangência da Cooperativa de Garimpeiros – Coogavepe.

Atualmente são mais de 239 Permissões de Lavra Garimpeira outorgadas pelo Departamento Nacional de Produção Mineral – DNPM nesses municípios.

Além de gerar empregos, renda e aquecer a economia local, todo passivo ambiental é obrigatoriamente recuperado pelos garimpeiros com consultoria e assistência técnica dos profissionais da Coogavepe.

Neste contexto estão sendo desenvolvidos três tipos de projetos de recuperação de áreas degradadas, sendo: reflorestamento, piscicultura e fruticultura.

A fim de conhecer ‘In Loco’ a evolução e desenvolvimento desses projetos e cadeias produtivas, o Presidente da Comissão de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Recursos Minerais da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Deputado Dilmar DalBosco, esteve em Peixoto de Azevedo juntamente com a Equipe de Jornalismo da TV Assembleia e Técnicos do Núcleo Ambiental, visitando um exemplo extraordinário e referencial de recuperação dos impactos ambientais provocados pela mineração. Eles estiveram na Fazenda e Piscicultura Longo – localizada na Gleba ETA a 6 km da sede do município em uma região garimpada há mais de 25 anos.

Durante visitação a propriedade acompanhada também por uma delegação de 30 produtores da Itaituba/PA, o parlamentar, técnicos no Núcleo Ambiental e reportagem da TV Assembleia conheceram o projeto de criação de peixes da espécie Pirarucu e o processo de alevinagem, recria e engorda.

Antigas cavas de garimpo deram lugar a mais de 13 tanques de piscicultura com dimensões superiores a 7.000 M² e cerca de dez hectares de lâmina d’agua. A denominada Fazenda de Pirarucus conta atualmente com 12.000 peixes em fase desenvolvimento.

O empresário Vilamir Longo solicitou apoio do parlamentar na celeridade do processo de emissão ou dispensa de Licenciamentos Ambientais pela SEMA, linhas de credito governamentais para cadeia produtiva de piscicultura, assistência técnica por parte da EMPAER e a viabilização da construção de uma fábrica de ração e frigorífico através do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável Portal da Amazônia.

Dilmar DalBosco esteve no projeto de criação de rãs que está sendo desenvolvido em Matupá. A atividade iniciada em meados de 2002 com incentivos do extinto Programa de Apoio Direto ás Iniciativas Comunitárias (PADIC) se estagnou devido a falta de recursos governamentais para a fomentação da produção e a conclusão do abatedouro que se encontra até hoje inacabado. O empreendimento foi repassado pelo Governo do Estado a uma associação de produtores que retomara o Projeto de Ranicultura.

“Farei gestões junto ao Governo de Mato Grosso e a Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários para que efetivamente os ranários sejam reativados, pois a atividade é altamente lucrativa, quer seja para consumo humano e aproveitamento de seus subprodutos. Precisamos alavancar essa cadeia produtiva intensiva e higiênica de rãs para abate, industrialização e comercialização nos mercados Mato-grossense e Brasileiro”, destacou o Deputado Dilmar DalBosco.

Os vereadores Eduardo Feitosa e Josivânia Amorim parabenizaram a iniciativa do empresário e empreendedor Vilamir Longo, e reforçaram a solicitação ao deputado estadual para a desburocratização do processo de emissão de licenciamentos ambientais para piscicultura. Eles aproveitaram o ensejo para reivindicar o fortalecimento da Unidade Local da EMPAER em Peixoto de Azevedo visando a otimização da assistência técnica a campo, bem como a criação de ferramentas e mecanismos que possam ser contributivos ao financiamento do projeto junto as instituições financeiras com o aval do Governo do Estado de Mato Grosso.

Carne de Rã

A carne de rã é recomendada por médicos e nutricionistas, pois a taxa de gordura é de 3%, sendo a única carne produzida em cativeiro que possui os 10 aminoácidos básicos para o ser humano e com digestibilidade alta, por ser formada por moléculas de cadeia curta. O grande interesse por essa carne é devido principalmente ao fato de ser ela muito saborosa, satisfazendo aos gostos mais exigentes. Além disso, é rica em proteínas, sais minerais e vitaminas, e quase isenta de hidratos de carbono. É uma carne de cor branca-marfim, macia, de boa digestibilidade, excelente sabor, qualidade e alto valor energético, parecendo com a dos coelhos ou frangos ou a dos borrachos (filhotes de pombos ainda empenados), estando o seu gosto entre a dos frangos e a dos peixes.

A visita técnica da Comissão e Núcleo Ambiental da AL-MT na região aconteceu na área que já foi garimpada há mais de 30 anos localizada na Linha do Peixe, a 15 km da cidade de Matupá onde está sendo desenvolvido um dos maiores projetos de criação de peixes da espécie Pirarucu do estado de Mato Grosso.

De propriedade do garimpeiro, Valdecir Alves da Costa (Gauchinho), antigas cavas e crateados de garimpo transformaram-se em mais de 40 tanques e berçários para criação de peixes em uma extensão de 150.000 M² de lâmina de água. Atualmente são mais de 20.000 pirarucus distribuídos em alevinos, cria, recria e engorda. A meta é chegar a 150.000 unidades em 2016. O projeto privado de grande envergadura conta inclusive com uma fábrica de ração.

“Dentre as novas atividades do meio rural, a piscicultura destaca-se como alternativa de recuperação dos passivos ambientais provocados pelo garimpo e eficiente fonte de renda nas pequenas e médias propriedades rurais, por proporcionar variadas opções de comercialização, como a criação de alevinos, engorda de peixes ou lazer, como os pesque-pague e a pesca esportiva. No caso específico do Pirarucu, vislumbra-se a oportunidade de exportar a carne e o aproveitamento seus subprodutos de valor comercial potencial, como é o caso do couro. Quero evidenciar aos empreendedores Vilamir Longo e Valdecir da Costa que estarei na Assembleia Legislativa propondo ao Governador Pedro Taques leis que incentivem e consolide de fato esta importante atividade econômica”, enfatizou Dalbosco.

Os profissionais que atuam no quadro técnico da Cooperativa de Garimpeiros do Vale do Rio Peixoto – Coogavepe, Laura Reis Fuão (Engenheira Florestal), Sandra Paixão (Gestora Ambiental) e Josimar Passos (Biólogo) acompanharam as visitas desenvolvidas pela Comitiva da AL/MT e apresentaram os projetos de recuperação de áreas degradadas que estão sendo desenvolvidos pela COOGAVEPE junto aos seus mais de 4.600 cooperados.

Mais Fotos
Comentários
Aviso legal: Todo e qualquer texto publicado na internet através do Notícia Vip , não reflete a opinião deste site ou de seus autores e são de inteira responsabilidade dos leitores que publicarem.

Matupá

Presidente convida municipalidade para mais uma sessão ordinária

Serão apresentados projetos, indicações e requerimentos na sessão desta segunda-feira dia 18.

Presidente Wânia Oliveira convida municipalidade para mais uma sessão ordinária
Foto: Presidente Wânia Oliveira

A Presidente da Câmara Municipal de Matupá, Wânia Oliveira, está demonstrando extremo zelo pela manutenção da interação com a municipalidade. Com muita frequência ela tem se posicionado nas redes sociais e demais veículos de comunicação, solicitando um envolvimento maior da população em relação aos assuntos, matérias e proposições que tramitam na Casa de Leis.

“Temos projetos, indicações e requerimentos elaborados diante das reivindicações da comunidade e tendo como foco e objetivo, a melhoria dos serviços públicos e a realização de obras e execução de projetos que proporcionem a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos das zonas urbana e rural. Quer seja na saúde, educação, infraestrutura, assistência social, segurança pública, e outras áreas. Precisamos deste respaldo do munícipe para validar as cobranças direcionadas à Prefeitura Municipal”, destacou a Presidente Wânia Oliveira.

A legisladora aproveitou a oportunidade para convidar todos os segmentos organizados para a 3ª Sessão Ordinária de 2019 que acontecerá nesta segunda-feira, dia 18 de março, às 19:00 horas.

“Convidamos as lideranças comunitárias, igrejas, clubes de serviços, empresários, servidores públicos, representantes de entidades, instituições e organizações não governamentais, enfim, todos aqueles que efetivamente querem dar sua parcela de contribuição para o futuro de nossa cidade”, disse a vereadora.  

Continue Lendo

Peixoto de Azevedo

Comissão Pro Emancipação se reúne com vereadores Peixotenses

Câmara de Vereadores apoiará todas as iniciativas da Comissão e fará gestões políticas para obter apoio no processo de emancipação do distrito.

Comissão Pro Emancipação se reúne com vereadores Peixotenses
Foto: Logo da Comissão

Em busca da emancipação, os moradores do Distrito União do Norte se reuniram e criaram a Comissão Pro-emancipação do Distrito União do Norte. Os membros desta Comissão se reuniram na noite de Sabado (16), com Vereadores do Município de Peixoto de Azevedo ao qual União do Norte faz parte. Durante reunião após intenso debate os Vereadores presentes declararam apoio a Comissão.

A reunião foi dirigida pelo Vice-presidente da Comissão Oldair Dallazen que agradeceu a presença dos vereadores José Manoel – Zé Fiscal – (MDB), Raimundo Irael – Sarado – (PSC), Ambrosio Carvalho (PTB, e do Presidente da Câmara, Gilmar Santos (PR). Oldair enfatizou que o objetivo da reunião era o de debater e encaminhar proposta que vão nortear o trabalho da comissão na busca pela emancipação de União do Norte e que o apoio politico dos Parlamentares  do município de Peixoto de Azevedo será de fundamental importância nesta caminhada.

Em Seguida usou da palavra o Presidente da Comissão Edson Santos – Gauchinho do Frete -, que disse que a criação da comissão foi uma vontade popular e ocorreu durante reunião realizada com membros da sociedade organizada do distrito União do Norte.

Oldair Dallazen passou então a palavra a cada um dos presentes e aquele que desejou fez sua explanação. Vereadores também usaram da palavra e manifestaram seu apoio a Comissão inclusive para reuniões com deputados de seus partidos que tem representação na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, Na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

O Vereador e líder do Prefeito na Câmara, Irael Pires – Sarado -, recebeu a incumbência de marcar uma audiência da Comissão com o Chefe do Poder Executivo, Mauricio Ferreira e com os demais Vereadores.

O Presidente da Câmara, Gilmar Santos, iniciou sua fala dizendo que a vontade do povo é soberana e neste sentido estava ali para debater as questões inerentes a possível emancipação do Distrito União do Norte. Gilmar destacou que assim como a população e vereadores que representam União do Norte na Câmara, também tinha interesse na emancipação por ter raízes no Distrito e ter suas propriedades na comunidade.

Gilmar leu trechos do PLC 135/2015, apensado ao PLC 464/2017 que tramita na Câmara dos Deputados que visa regulamentar a criação e fusão de novas unidade da federação.

A leitura criou alguns questionamentos que foram esclarecidos pelo Parlamentar que disse que mesmo com a PLC ainda em tramitação se faz necessário a organização da comunidade na busca pela sua emancipação visando um futuro de desenvolvimento politico e econômico.

Finalizando sua fala, Gilmar Santos se colocou a disposição da Comissão para acompanhar em reuniões com representantes políticos do estado na esfera estadual e federal, bem como nos órgãos do judiciário. Gilmar ainda disse que toda a estrutura da Câmara, como Assessoria de Imprensa e Jurídica esta a disposição para qualquer eventualidade.

Continue Lendo

Policial

Jornalista Guarantaense é baleada ao retornar da faculdade

A vítima foi alvejada pelo menos duas vezes e sobreviveu.

Jornalista Guarantaense é baleada ao retornar da faculdade
Foto: Zulene Fernandes

A jornalista Guarantaense, Zulene Fernandes de Oliveira (35) sobreviveu a uma tentativa de assassinato na noite da última sexta-feira (15) quando retornava da faculdade.

Zulene que sobreviveu depois de ser alvejada por duas vezes, declarou as autoridades policiais que estava em sua motocicleta, quando possivelmente fora seguida e posteriormente abordada por dois elementos, que também estavam de moto, pararam ao seu lado e dispararam três vezes.

Informações preliminares são de que dois dos tiros atingiram a jornalista pelas costas. Mesmo ferida, Zulene foi para sua casa e ainda conseguiu pilotar com a filha na garupa até o hospital municipal onde recebeu atendimento médico e não corre risco de morte.

Depois de praticarem o crime os autores da tentativa de homicídio fugiram tomando rumo ignorado. As razões ou motivações do grave delito são desconhecidas e passam a ser investigadas pela Polícia Judiciária Civil.

Zulene Fernandes além de ser acadêmica, atua como estagiária na assessora de imprensa da Prefeitura de Guarantã do Norte, ela é tida como uma pessoa muito prestativa, profissional, estimada por amigos e colegas. Apesar do grande susto, a vítima passa bem, porém ainda muito assustada com o episódio.

Continue Lendo

Mais Vistas