Corpo de Bombeiros continua com ações de combate as queimadas

Publicado dia 21/09/2015 às 09h41min | Atualizado dia 21/09/2015 às 09h46min

A missão é prevenir, monitorar e extinguir os incêndios urbanos, rurais e florestais na região norte Mato-grossense.

O Batalhão de Emergência Ambiental continua atuando na região norte de Mato Grosso devido aos vários focos de calor provados pelas queimadas. A missão é prevenir, monitorar e extinguir os incêndios urbanos, rurais e florestais.

Segundo o Sg. Gilmar Silva, estão sendo intensificados os serviços orientativos e educativos, além do combate aos focos de incêndio, os bombeiros estão realizando campanhas preventivas em escolas, projetos sociais, centros comunitários e nos Conselhos Comunitários de Segurança Pública (Consegs), orientando a população para não queimar, não jogar lixo em vias públicas e a manter a saúde da comunidade.

Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE, Mato Grosso é o estado com mais incêndios registrados desde o início do ano: mais de sete mil focos. A temperatura alta e a vegetação seca fazem o fogo se espalhar rapidamente causando problemas respiratórios, poluição ao meio ambiente prejuízos materiais nas propriedades, prejudica a visibilidade dos motoristas nas estradas e rodovias, entre outros malefícios.

Fique Atento:

Devido ao fato das queimadas coincidirem com a época mais seca do ano, agravam as doenças respiratórias e de pele. Fato este constatado por profissionais e estudiosos da saúde que vêm observando um considerável aumento no índice de moléstias como bronquite, asma alérgica, pneumonia e rinite. Além disso, a fumaça das queimadas, por ser muito tóxica, pode conter vários agentes cancerígenos. Mais de 70 produtos químicos já foram identificados na fumaça resultante das queimadas.

Em razão das condições climáticas, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) prorrogou para 30 de setembro o período proibitivo para as queimadas em Mato Grosso. A proibição, que se iniciou no dia 15 de julho e terminaria no dia 15 deste mês, ainda pode ser ampliada até outubro conforme monitoramento dos focos de calor e riscos de incêndios florestais. 


Fonte Notícia Vip


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Notícia Vip, não reflete a opinião deste Portal.