Sinop: Suspeitos de homicídio se apresentam com advogado, mas são presos

Publicado dia 16/06/2017 às 07h52min

Os dois jovens estavam sendo procurados pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) por envolvimento na morte de Elias Vieira dos Santos de 44 anos.

Se apresentaram esta tarde de quinta-feira 15, Welinton Gabriel da Silva Lacerda 21 anos e Jhonny Dutra de Anchieta 22 anos. Os dois jovens estavam sendo procurados pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa  (DHPP) por envolvimento na morte de Elias Vieira dos Santos de 44 anos.

A dupla se apresentou, mas permaneceram recolhida em uma cela improvisada na delegacia, ja que a justiça sinopense acatou o pedido de prisão preventiva expedido pelo Ministério Público. Na última quarta-feira 14, a Polícia Civil  cumpriu um mandado de prisão contra Tiago Dutra de Anchieta de 18 anos. Ele foi preso na RUA 17, no bairro Boa Esperança.

Os três jovens são apontados na morte de Elias Vieira dos Santos, ocorrido mês de abril a março deste ano. De acordo com o delegado Carlos Eduardo, as causas do homicídio partiu de uma dívida oriundas de um veículo VW Gol, placa de Colíder.

Os jovens permanecem presos pelo período de 30 dias até que seja colhidas outras provas e daí a prisão passa a ser permanente.

A identificação do veículo

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) conseguiu apreender, ontem, um veículo VW Gol, de cor prata, placa de Colíder, pertencente a Elias Vieira dos Santos, 44 anos que esta  desaparecido a pouco mais de 20 dias. O carro estava em poder de D.A.M de 27 anos, em uma residência no bairro Terra Rica.

Segundo o boletim de ocorrência, o rapaz teria comprado carro de outro rapaz identificado pelas iniciais W.G.S.L de 21 anos. Eles teriam realizado a troca do veículo em uma rede social, através de uma página de negócios. Um deles daria o carro VW Gol (pertencente ao homem desaparecido) em troca de outro veículo VW Saveiro, de cor vermelha, pertencente ao rapaz de 27 anos. A negociação durou dois dias.

Ainda conforme o boletim de ocorrência, o rapaz de 21 anos teria trocado o VW Gol com Elias. Na transação entraria uma camionete GM-S 10, de cor bege e uma quantia de R$ 1mil, mas o dinheiro teria que ser pego na casa de uma mulher na cidade de Colíder (135 km de Sinop). O homem desaparecido e o rapaz de 21 anos foram até a cidade pegaram o dinheiro e voltaram, mas depois disso Elias não foi mais visto.

Os investigadores conversaram com as duas pessoas e encaminharam para a delegacia onde foram levados para maiores esclarecimentos. O carro de Elias esta na delegacia de Polícia Civil.

Agora o trabalho dos policiais é desvendar o desaparecimento da vítima e dono do VW Gol. Outra hipótese, não descartada, é que a ossada encontrada na região da Usina de Sinop (70 km do centro) seja da vítima.

Os restos mortais foram encontrados por populares que faziam a procura de abelhas na região.

Peritos estiveram no local e após os procedimentos encaminharam os ossos para exames onde foi constatado uma perfuração no crânio, na região de trás da cabeça.

Amostras do tecido da pele que estava nos ossos foram retiradas para análise em um laboratório em Cuiabá, segundo uma fonte do IML.

A localização da vítima

O cadáver já em decomposição foi encontrado por policiais civis e Politec depois de receberem denúncias anônimas. O corpo, aparentemente de um homem, estava dentro de uma mata na estrada que liga a Usina Hidrelétrica e a BR 163, cerca de 70km de Sinop.

O denunciante disse que teria ido próximo casar abelhas quando avistou próximo de uma espera de caça o cadáver. O homem voltou para Sinop e avisou a Polícia Civil que se deslocou está manhã 20, com peritos da Politec e o IML.

A identificação da vítima passa a ser investigado, já que primeiramente é impossível saber do nome e esta difícil o reconhecimento. O segundo passo é olhar nos registros de desaparecidos características repassadas, como vestimentas e outros sinais que possa ser fácil de reconhecer.

A ossada foi encaminhada para o Instituto de Medicina Legal (IML) e aguarda por reclamantes ou parentes. Depois disso, exames devem serem feitos para identifica-lo.


Fonte Visão Notícias


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Notícia Vip, não reflete a opinião deste Portal.