Notícia Vip

Mendes registra candidatura e diz que não fez compromisso eterno com Taques

Publicado dia 14/08/2018 às 07h43min

Mendes aproveitou ainda para reafirmar que entrou na disputa em razão da decepção causada pelo atual governador, a quem apoiou em 2014.

O ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (DEM) registrou, nesta segunda-feira (13), no Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), sua candidatura ao governo do Estado. Ele faz parte da coligação Pra Mudar Mato Grosso, composta pelo DEM, PDT, PSD, MDB, PSC, PMB e PHS. O prazo para registro vai até esta quarta-feira (15).

Acompanhado pelos principais aliados, Mendes informou que não teme um eventual 2º turno com o candidato à reeleição, o governador Pedro Taques (PSDB), pois já tem experiência. Ambos aparecerem como os primeiros colocados em intenção de votos nas pesquisas eleitorais.

Mendes disputou a Prefeitura de Cuiabá com Wilson Santos (PSDB) e perdeu, em 2008. Já em 2012, disputou com Lúdio Cabral (PT) e foi eleito prefeito.

"Não sabemos qual será a vontade de Deus e da maioria do eleitorado mato-grossense. Tem muito tempo ainda. A eleição vai começar apenas no dia 16, aí teremos 45 dias pela frente e muita coisa pode mudar. Já temos alguma experiência, mas queremos ganhar as eleições, seja em 1º ou 2º turno. Vamos com muita humildade, muito trabalho pedir o voto e mostrar o que queremos fazer por Mato Grosso”, disse.

Mendes aproveitou ainda para reafirmar que entrou na disputa em razão da decepção causada pelo atual governador, a quem apoiou em 2014. “Qualquer um que votou nele, votou para um mandato de 4 anos. Nós temos o direito, e acima de tudo o dever, para, no final desse período, fazer uma avaliação se esse governo cumpriu seu papel”, afirmou.

O ex-prefeito disse ainda que o Estado sofreu com problemas em diversos setores por “falta de habilidade de Taques”, motivo pelo qual deixou de ter seu apoio. A gestão Taques foi marcada por greve dos servidores, escândalos envolvendo secretariado, entre outras situações.

“Existem muitos e graves problemas que vieram piorando a gestão pública. Então, como poderíamos continuar apoiando só por que apoiamos um dia? Ninguém faz compromisso eterno. Só fiz um compromisso de amor eterno com a minha esposa, com quem estou casado há 23 anos”, disse.

Além de Mendes, a chapa que entra oficialmente na disputa ao governo é composta por Otaviano Pivetta (PDT) como vice, Jayme Campos (DEM) e Carlos Fávaro (PSD) como candidatos ao Senado, além dos 4 suplentes nas vagas majoritárias. Os candidatos a deputados federais e estaduais também foram registrados.Todos os dados referentes aos candidatos serão inseridos no Sistema de Candidaturas (CANDex).

“A partir de hoje vamos oficializar nossa candidatura e, a partir de amanhã, que sair o registro da candidatura, nós cumprimos os procedimentos legais. No dia 16 vamos estar definitivamente colocando a campanha na rua para ter o contato, cara a cara, com os eleitores de Mato Grosso”, encerrou Mendes.


Fonte Gazeta Digital


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Notícia Vip, não reflete a opinião deste Portal.