Notícia Vip

Prefeito no Nortão determina corte de gastos e reduz 15% o próprio salário

Publicado dia 03/10/2017 às 14h55min

O objetivo é economizar mais de R$ 500 mil até o dia 31 de dezembro.

O prefeito de Terra Nova do Norte (171 quilômetros de Sinop), Valter Kuhn (PR), determinou através de um decreto corte no contingenciamento de despesas e gastos no serviço público e redução de 15% no próprio salário, que é de R$ 12 mil e cairá para aproximadamente R$ 10 mil, no próximo mês. O corte nos ganhos do vice-prefeito, Pascoal Alberton, também será de 15%. Atualmente, ele recebe R$ 8 mil e passará a ganhar R$ 6,8 mil. A mesma contenção ocorrerá para os secretários e servidores com cargos de confiança, que recebem de R$ 2,1 mil a R$ 6 mil. O objetivo é economizar mais de R$ 500 mil até o dia 31 de dezembro.

“A nossa meta é economizar até R$ 500 mil até o final do ano para manter o limite do teto prudencial da folha de pagamento. Nós recebemos o mandato com muitas dívidas. Além disso, a crise nacional e estadual tem reduzido significativamente nossas receitas. Os repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Os demais repasses têm recebido influência negativa. A previsão é que Terra Nova receba de R$ 3 a R$ 4 milhões a menos no próximo ano. Isso é muito significante para o município. Para manter a funcionalidade da máquina pública é necessário ter esses cortes para manter o equilíbrio”, explicou Kuhn.

Ainda de acordo com o gestor municipal, os cortes não devem influenciar nos atendimentos e na continuidade das obras no munícipio. “Não vai influenciar e não pode. Até poderíamos demitir alguns servidores, mas isso influenciaria nos atendimentos. Apenas fizemos cortes de horas extras na secretaria municipal de Obras. O funcionamento está reduzido por conta disso. Os atendimentos na prefeitura também mudamos das 7h às 13h. Foram tiradas as horas extras dos pontos essências. Também chamamos as empresas para reduzir até 10% do percentual dos contratos com o município. Se não ocorrer essa redução o município entra me colapso. O objetivo é organizar a casa”.

Consta no decreto que as secretarias também terão que promover redução mínima de 20% nas despesas de custeio e com material de consumo em geral.


Fonte Só Notícias


Comentários

Aviso: Todo e qualquer comentário publicado na Internet através do Notícia Vip, não reflete a opinião deste Portal.