Redes Sociais
Redes Sociais

Colíder

Novo decreto vai restringir venda de bebidas e proibir festas domiciliares em Colíder

As festas domiciliares foram apontadas como o grande vetor de transmissão do vírus nas pessoas infectadas em Colíder.

Novo decreto vai restringir venda de bebidas e proibir festas domiciliares em Colíder
Foto: Divulgação

O prefeito Noboru Tomiyoshi juntamente com o Comitê de Prevenção e Combate ao Coronavírus está preparando um novo decreto referente às medidas de prevenção da doença.

Como o quadro está se agravando, com um colapso no hospital regional de Colíder, o prefeito sentiu a necessidade de intensificar as medidas.

De acordo com Noboru, o hospital regional está sem “insumos”. Não tem por exemplo, medicação para sedar o paciente que precisa ser entubado. “Então nem sedativo para sedar uma pessoa e entubar estamos tendo. Muitas pessoas que trabalham no hospital regional também trabalham nos PSF’s e estamos com mais de 50 profissionais afastados, em isolamento. Dois enfermeiros estão internados no hospital com a doença”, explicou Noboru.

Uma funcionária de um frigorífico teve o quadro agravado e precisou ser transferida para um hospital em Goiânia, por falta de vaga em Mato Grosso. O transporte foi por conta da empresa.

“Diante dessa situação, onde tivemos mais de 30 casos confirmados aqui em Colíder nesta segunda-feira já vamos para 160 casos de Covid-19. A situação vem se agravando e vai chegar uma hora que nem recurso financeiro nem influência política vão importar mais”, afirmou Noboru.

O prefeito destacou que os comerciantes devem se preparar porque será proibida a comercialização de bebidas para o consumo no local. “Vamos dar um tempo para eles venderem a cerveja que já está gelada para que não percam o estoque e venham a se adequar porque depois que for proibido vamos fiscalizar bares e lanchonetes, bem como padarias, mercados e conveniências”.

O comércio de bebidas alcoólicas para consumo fora do estabelecimento está autorizado desde que o produto esteja em temperatura ambiente.

“Estamos preparando um novo decreto que está sendo finalizado e o funcionamento dos bares que era permitido até as 19h agora fica terminantemente proibido. As praças, o lago e as academias também estarão proibidas de funcionar bem como casa de shows, tabacarias e celebrações religiosas”, disse o prefeito.

As feiras livres terão um controle de entrada para regular o fluxo das pessoas dentro do recinto. “Pessoas acima de 60 anos estarão proibidas de trabalhar na feira e também de frequentar. Salgados também serão proibidos de consumir no local”.

As festas domiciliares foram apontadas como o grande vetor de transmissão do vírus nas pessoas infectadas em Colíder. A partir do decreto, estarão terminantemente proibidas.

O descumprimento das determinações constitui infração sanitária grave e é passível de multa na seguinte proporção:

I - R$ 1.000,00 (mil reais) ao proprietário do imóvel;

II - R$ 1.000,00 (mil reais) ao organizador do evento;

III - R$ 150,00 (cento e cinquenta reais) individualmente por presente no caso festas e eventos particulares.

Restaurantes, padarias e lanchonetes só poderão atender no delivery após as 18h. O almoço será permitido funcionamento normal.

As atividades físicas são incentivadas, mas segundo prefeito, as pessoas não estão sabendo utilizar, estão caminhando sem máscaras, em grupo, sem distanciamento. Será permitida apenas de forma individual. Lago e praça serão locais proibidos por terem calçadas muito estreitas.

Será disponibilizado um número de telefone para receber denúncias de quem estiver descumprindo o decreto.

Comentários
Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doNotícia Vip , does not reflect the opinion of this site or its authors and is the responsibility of the readers that publish.

ELEIÇÕES 2020

PDT Peixotense oficializa nome de André da Farmácia como Pré-candidato

Agremiação partidária poderá ter na chapa majoritária nome de liderança do distrito União do Norte

PDT Peixotense oficializa nome de André da Farmácia como Pré-candidato
Foto: Pré-candidato André da Farmácia

Esteve presente na atividade aproximadamente 180 pessoas. O candidato à Prefeito pelo PDT por Guaranta do Norte, Celso Henrique e a candidata a vice-prefeita Irdes (PDT), o Presidente do PDT de Guaranta do Norte, Valter Scheuermann e o Vereador Nonato (PDT) também prestigiaram a homologação da candidatura do André da Economizar.

O espaço foi preparado e organizado para recepcionar os convencionais de forma a respeitar às recomendações sanitárias.

A convenção homologou a candidatura à Prefeito por Peixoto de Azevedo de Carlos André Pache, empresário da região e proprietário da Rede de Farmácia Economizar e de dezesseis vereadores.

A noite foi marcada por discursos calorosos por mudança, por renovação, por um Peixoto de Azevedo que zele também por União do Norte.

A presença do Deputado Estadual e Presidente do Diretório Estadual do PDT, Alan Kardec validou a escolha local e demonstrou a importância da candidatura do André da Economizar para a Peixoto, União do Norte e região.

Continue Lendo

Nortão

Associações Renascer e AGRIPAC convocam para Regularização Fundiária Rural

INCRA-MT irá realizar procedimentos de titulação do PA CACHIMBO 1

Associações Renascer e AGRIPAC convocam para Regularização Fundiária Rural
Foto: INCRA-MT

As Associações Renascer e Agripac informam que equipe do INCRA de Cuiabá-MT, juntamente com a equipe de Guaranta irá realizar os procedimentos de titulação do PA CACHIMBO 1, a equipe irá se instalar no colégio Leonísio no distrito de Uniao do Norte, nos dias 17, 18, 22, 23 e 24 de setembro em horário comercial, quanto aos PA PADOVANI e SÃO JOSÉ UNIÃO será definida as datas e locais nesta semana, qualquer informação e dúvida será dada no local.

Favor levar toda documentação pessoal e de comprovação de posse, mapa e memorial do georreferenciamento e o CAR.

Favor ir de máscara, pois todos os protocolos de segurança serão tomados.

Informações: 66 3552-3552 INCRA de Guaranta do Norte-MT

Continue Lendo

Mato Grosso

MT contará com 8 aeronaves para combate aos incêndios florestais

Aeronaves passarão a ser utilizadas pelo governo estadual para o combate aos incêndios florestais, principalmente no Pantanal de Mato Grosso.

MT contará com 8 aeronaves para combate aos incêndios florestais
Foto: Divulgação

A partir desta semana, oito aeronaves passarão a ser utilizadas pelo governo estadual para o combate aos incêndios florestais, principalmente no Pantanal de Mato Grosso. O acréscimo foi possível porque mais duas aeronaves serão contratadas - e vão se unir às outras seis já utilizadas - para reforçar a estrutura contra o fogo em todo Estado.

Um dos aviões terá capacidade de armazenagem de água de 3 mil litros e outro de 2 mil litros e os dois já devem entrar em operação na segunda-feira (21). Uma terceira aeronave será contratada para uso na semana seguinte.

Segundo o governo estadual, já foram investidos R$ 22 milhões em recursos para o enfrentamento ao fogo.

Mais R$ 10,1 milhões foram destinados pelo governo federal para reforçar as ações de combate aos incêndios e poderão ser utilizados pelo Estado na próxima semana.

Foram aplicados R$ 189 milhões em multas por uso irregular do fogo e R$ 1 bilhão, por desmatamento ilegal.

Mais de 2,5 mil profissionais estão envolvidos, incluindo bombeiros militares, voluntários, integrantes da Defesa Civil, da Marinha e do Exército.

Estão sendo utilizados seis aeronaves (mais duas na próxima semana), três helicópteros, mais de 40 viaturas, maquinário e caminhões-pipa.

Foram investidos R$ 500 mil no Posto de atendimento a animais silvestres no pantanal e mais R$ 300 mil ainda serão aportados para reforçar o resgate dos animais atingidos pelos incêndios na região.

O uso de produtos retardantes foi liberado para o combate ao fogo.

O governo passou a negativar os devedores de multas ambientais em cadastros de proteção ao crédito.

Peritos estaduais constataram que os incêndios no Pantanal foram causados por ação humana e inquéritos foram abertos pela Delegacia de Meio Ambiente (Dema) para penalização dos responsáveis.

Queimadas são ilegais e podem ser denunciadas através do 193.

Continue Lendo

Mais lidas da semana