Redes Sociais
Redes Sociais

Matupá

Bairro Cidade Alta deverá receber investimentos da ordem de R$ 4,4 milhões em pavimentação asfáltica

Projeto de Engenharia prevê execução de obras de drenagem de águas pluviais e capa asfáltica de 43.926,70 M²

Bairro Cidade Alta deverá receber investimentos da ordem de R$ 4,4 milhões em pavimentação asfáltica
Foto: Audiência Pública

Aconteceu nesta semana na Escola Estadual Luiza Miotto importante Audiência Pública para tratar da Contribuição de Melhoria das obras de infraestrutura urbana que serão executadas este ano no Bairro Cidade Alta.

Diversos moradores e proprietários de imóveis nesta comunidade estiveram presentes para ouvir as explanações da Secretaria de Planejamento e do Setor de Engenharia da Prefeitura Municipal de Matupá-MT.

O projeto de drenagem, galerias de águas pluviais e pavimentação asfáltica foi elaborado pela Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM, e contempla as Ruas 02, 03, 04, 07, 08, 10, 11, 12, ZH2-004 e Avenida Hermínio Ometto (Continuação Pistas Norte-Sul).

Serão 43.926,70 M² de capa asfáltica com meio-fio, bocas de lobo, sarjetas e sinalização horizontal e vertical.

Os recursos financeiros já estão disponíveis e o processo licitatório providenciado para que sejam investidos valores da ordem de R$ 4.412.840,91 (Quatro Milhões, Quatrocentos de Doze Mil, Oitocentos e Quarenta Reais e Noventa e Um Centavos).

Os moradores presentes na audiência pública aguardam ansiosamente a realização do sonho de terem suas ruas e avenidas pavimentadas para que possam construir calçadas, melhorar a estrutura das residências e comércios, mas principalmente para darem adeus ao incômodo da lama e poeira na época de chuva e estiagem. Outro fator positivo está ligado a valorização imobiliária das propriedades.

As obras de drenagem de águas pluviais e pavimentação asfáltico do Bairro Cidade Alta e da região conhecida como ‘Bom Futuro’ deverão ser desenvolvidas ainda este ano de 2020 pela Prefeitura de Matupá.

“Nós acreditamos na administração do Prefeito Valtinho Miotto, sabemos que se fosse pela vontade dele, as obras já estariam acontecendo, já que até os tubos de concreto para a drenagem encontram-se no nosso bairro. Infelizmente alguns vereadores criaram situações que acabou atrapalhando o andamento do projeto. Foi um compromisso feito com a comunidade e temos certeza que será honrado até o final da atual gestão, e iremos pagar a contribuição de melhoria com gosto, pois este é u sonho nosso”, disse Margarete Camargo, moradora do Cidade Alta.

Em relação a contribuição de melhoria, o tributo só deverá ser cobrado após a conclusão integral da infraestrutura urbana, onde os moradores poderão optar pelo pagamento a vista com 20% de desconto ou parcelado em até 24 vezes.

Lembrando que em outubro de 2019 foi realizada a audiência pública para tratar sobre a contribuição de melhoria posterior a execução das obras de drenagem e pavimentação asfáltica da Avenida Interpeninsular, Rua 13, Rua 14 e Rua 15 do Bairro Cidade Alta, perfazendo um total de 17.368,93 M²  e demandando recursos financeiros superiores a R$ 2,3 milhões.  

Comentários
Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doNotícia Vip , does not reflect the opinion of this site or its authors and is the responsibility of the readers that publish.

Nova Santa Helena

Governador atende pleito de Prefeita e empreiteira irá construir a Ponte do Rio Parado na MT-320

Serão investidos mais de R$ 1,7 milhão na construção da ponte de concreto de 30 metros de extensão por 8 metros de largura.

Governador atende pleito de Prefeita e empreiteira irá construir a Ponte do Rio Parado na MT-320
Foto: Placa da Obra na MT-320

Depois de utilizar as redes sociais como ferramenta de reivindicação junto ao Governo do Estado e a Secretaria de Estado de Infraestrutura (SINFRA-MT), por meio de registro de fotos e filmagens da precariedade da situação da Ponte de Madeira sobre o Rio Parado na rodovia MT-320, ligando Nova Santa Helena ao município de Marcelândia, a Prefeita Santa Helenense, Terezinha Guedes Carrara, comemorou a chegada dos operários e contêineres para a montagem do canteiro de obras da empresa vencedora do processo licitatório, cuja ordem de serviço foi dada em meados de outubro de 2019 para a construção da ponte de concreto de 30 metros de extensão por 8 metros de largura nesta importante via estadual.

“A situação caótica da ponte de madeira estava causando transtornos ao escoamento da produção agropecuária, mas principalmente gerando insegurança a todos que por ela transitavam. Fizemos inúmeras parcerias com os produtores e desenvolvemos várias manutenções, reparos e revitalizações, porém, diante do grande fluxo de carretas pesadas o madeiramento acaba não suportando e se deteriora em pouco tempo. Já observamos longas filas de caminhões carregados de grãos aguardando a passagem com destino aos armazéns e secadores, e também registramos graves acidentes com vítimas fatais neste local. Usei sim as redes sociais e fiz os encaminhamentos ao nosso Governador Mauro Mendes e ao Secretário de Infraestrutura Marcelo Padeiro, que sensibilizados com a situação determinaram o início imediato das obras”, comemorou a Prefeita Terezinha Guedes Carrara.

Segundo a prefeita, deverão ser investidos R$ 1.759.574,85 e já se observa a montagem do canteiro de obras da empresa Rivoli do Brasil SPA. Pelas informações constantes na placa, o prazo de execução encerra-se Novembro de 2020.

“Esta obra é prioritária para toda essa região, temos um grande potencial agropecuário e que cresce a cada ano. Convivermos com dificuldades na logística de escoamento da produção e aceitarmos que vidas sejam ceifadas por falta de uma infraestrutura segura, confiável e de qualidade, não condiz com os compromissos assumidos pelas esferas de governo. Mesmo em se tratando de uma rodovia estadual, colocamo-nos a disposição para contribuir no que for necessário. Agradeço ao Governador Mauro Mendes e ao Secretário de Infraestrutura, Padeiro, por ter acionado a empreiteira para iniciar e concluir as obras dentro do que está previsto no projeto de engenharia”, salientou a Prefeita Terezinha.

Continue Lendo

Saúde

Idade média de pacientes diagnosticados com Covid-19 em MT é de 42 anos

25 casos foram confirmados no estado até esta terça-feira.

Idade média de pacientes diagnosticados com Covid-19 em MT é de 42 anos
Foto: Divulgação

Dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgados nesta terça-feira (31) mostram que a idade média dos pacientes diagnosticados com Covid-19 em Mato Grosso é de 42 anos.

Conforme o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, 25 casos foram confirmados no estado até esta terça-feira.

Desde total, segundo boletim divulgado pela SES, 50% são homens e 50% mulheres.

Oito pacientes que testaram positivo para o coronavírus estão internados, sendo que quatro deles em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e os outros quatro em enfermarias.

Os outros 17 pacientes são tratados em casa, com medidas de isolamento.

Os casos suspeitos são tratados pelo estado como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que inclui a Covid-19 bem como outros tipos de Influenza.

Dos 25 casos de Covid-19, 18 foram registrados em Cuiabá, dois em Várzea Grande, um em Nova Monte Verde e quatro em Rondonópolis.

A Secretaria Estadual de Saúde não repassa mais a informação sobre a quantidade de casos suspeitos, ficando a cargo dos municípios essa informação.

Continue Lendo

Mais lidas da semana