Redes Sociais
Redes Sociais

Peixoto de Azevedo

Obras de Drenagem e Pavimentação da Avenida Aeroporto em Peixoto

Avenida irá receber também sinalização de trânsito e iluminação de LED

Obras de Drenagem e Pavimentação da Avenida Aeroporto em Peixoto
Foto: Obras de terraplenagem
Foram retomadas as obras de drenagem e pavimentação asfáltica da Rua Raimundo Nonato de Paula (Antiga Avenida Aeroporto), conhecida também como Rua da Pista Velha no município de Peixoto de Azevedo.
 
A empreiteira atua com homens e máquinas no rebaixamento e compactação da via, já preparando o solo para os serviços de terraplenagem essenciais para a consistência da pista que recebeu a rede de drenagem pluvial e em breve será aplicada a capa asfáltica.
 
O projeto de infraestrutura urbana demanda recursos próprios da ordem de R$ 711.714,34.
 
 
Nos próximos meses, assim que se estabelecer o período de estiagem, será imprimida maior celeridade na execução das obras, e depois de concluída irá melhorar a qualidade de vida das pessoas, valorizar os imóveis e garantir um transito mais seguro, além obviamente de melhorar o aspecto visual desta região, da paralela da rodovia BR-163 até praticamente o acesso a Escola Municipal Dom Helder Câmara.
 
Outra boa notícia dada pelo Prefeito Maurício Ferreira de Souza, é de que também já foi licitada a obra de implantação da nova rede de iluminação pública de LED na Avenida Raimundo Nonato de Paula (Avenida Aeroporto), onde serão investidos cerca de R$ 197.725,22.
 
Portanto serão empregados nas obras de drenagem pluvial, pavimentação asfáltica e iluminação de LED mais de R$ 900.000,00.
 
Comentários
Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doNotícia Vip , does not reflect the opinion of this site or its authors and is the responsibility of the readers that publish.

Saúde

MT registra mais de 3,2 mil novos casos de Covid-19

112 mortes nas últimas 24 horas

MT registra mais de 3,2 mil novos casos de Covid-19
Foto: Lacen-MT

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (7), 323.191 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 8.346 mortes em decorrência do coronavírus.

Foram notificadas 3.213 novos casos de Covid-19 e 112 mortes nas últimas 24 horas. Dos 323.191 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 14.116 estão em isolamento domiciliar e 298.627 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 507 internações em UTIs públicas e 503 enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 95,12% para UTIs adulto e em 58% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (69.258), Rondonópolis (24.298), Várzea Grande (20.821), Sinop (16.214), Sorriso (11.951), Tangará da Serra (11.095), Lucas do Rio Verde (10.711), Primavera do Leste (9.413), Cáceres (7006) e Alta Floresta (6.252).

Um total de 285.316 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.206 amostras em análise laboratorial.

Continue Lendo

Saúde

#VacinaPeixoto - Campanha vacina idosos acima de 65 anos contra COVID-19

Mobilização de imunização aconteceu na Vila Olímpica de Peixoto de Azevedo

#VacinaPeixoto - Campanha vacina idosos acima de 65 anos contra COVID-19
Foto: Vacinação na Vila Olímpica
Desde as 7:00 horas do último sábado (03) foi desenvolvida a Força Tarefa #VacinaPeixoto contra a Covid-19 nas dependências do Complexo Esportivo da Vila Olímpica.
 
Os idosos acima de 65 anos foram convocados para imunização. Pelo menos três técnicos de enfermagem atuaram com auxílio dos Agentes Comunitários de Saúde e a Coordenação da Vigilância em Saúde.
 
 
A Secretaria de Saúde planejou acentos dentro do ginásio de esportes que são higienizados com frequência e mantendo o distanciamento social. Também foram disponibilizados álcool em gel e exigido dos presentes o uso de máscara facial.
 
Este público prioritário do Plano Nacional de Vacinação (Acima de 65 Anos) estiveram presentes na Vila Olímpica até as 17:00 horas portando a carteira de vacina e um documento de identificação e receberam a 1ª dose da vacina.
 
 
A mobilização foi bem organizada, sem aglomeração e filas, mas de forma dinâmica e eficiente, cumprindo todos os protocolos de aplicação recomendados pela Organização Mundial da Saúde - OMS.
 
Continue Lendo

Mais lidas da semana