Redes Sociais
Redes Sociais

Política

Justiça afasta prefeito de Alto Taquari (MT)

Ele é suspeito de improbidade administrativa por cobrar propina no valor R$ 17 mil de um fazendeiro.

Justiça afasta prefeito de Alto Taquari (MT)
Foto: Prefeito Afastado

A Justiça determinou o afastamento do prefeito Fábio Mauri Garbúgio (PDT) de Alto Taquari, a 509 km de Cuiabá. Ele é suspeito de improbidade administrativa por cobrar propina no valor R$ 17 mil de um fazendeiro. Em troca, ele liberaria um caminhão com produtos agrícolas que estava saindo da propriedade rural.

Além do afastamento por 180 dias, o juiz Fábio Alves Cardoso determinou a indisponibilidade dos bens o prefeito em até R$ 51 mil.

O prefeito tem 15 dias para apresentar recurso. O G1 tentou contato com Fábio Mauri por telefone, mas a ligação não foi atendida.

A decisão é em resposta a uma ação movida pelo Ministério Público Estadual, após a denúncia de cobrança de propina por parte do prefeito.

De acordo com as investigações, em janeiro de 2018, Fábio Mauri, teria abordado um produtor rural e a mulher dele quando saiam da propriedade, com um caminhão carregado com produtos agrícolas provenientes da propriedade rural.

Segundo consta no relato, os fazendeiros tinham o costume de sair da fazenda com o produto da colheita, para fazer a pesagem em uma balança disponibilizada por terceiros. O peso da carga era utilizado para emissão de Nota Fiscal.

Na ocasião, o prefeito, acompanhado de um policial e um fiscal, teria exigido do casal a quantia de R$ 17 mil para liberar o caminhão. O veículo teria ficado retido até que o pagamento fosse efetuado.

Com medo, as vítimas teriam emitido três cheques. Um, no valor de R$ 7 mil, que foi depositado diretamente na conta do Posto Garbúgio, que é propriedade de Fábio, embora esteja no nome da mulher e do filho dele.

Outros dois cheques, no valor de R$ 5 mil, foram sacados no caixa de uma cooperativa de crédito, por um funcionário do prefeito.

"O prefeito, ao praticar o crime descrito acima, também incidiu no dispositivo enumerado da Lei de Improbidade Administrativa", diz trecho da decisão.

Durante o afastamento, o vice-prefeito Marco Aurélio Julien (PRB) assume a administração do município.

Comentários
Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doNotícia Vip , does not reflect the opinion of this site or its authors and is the responsibility of the readers that publish.

Matupá

Armazenagem de Grãos da SIPAL-Ovetril entrará em funcionamento em fevereiro de 2020

Será a maior Unidade de Armazenagem de Grãos do Portal da Amazônia com investimentos de aproximadamente R$ 40 milhões

Armazenagem de Grãos da SIPAL-Ovetril entrará em funcionamento em fevereiro de 2020
Foto: Visitação as Obras da SIPAL Armazéns

A nossa equipe de reportagem acompanhou a visita feita pelo Prefeito Valtinho Miotto e vereador Marcos Icassati as obras de construção da Unidade de Recepção, Secagem e Armazenagem de Grãos da SIPAL Indústria e Comércio Ltda. Grupo Empreendedor do Agronegócio que está presente em 28 cidades Mato-grossenses.

Segundo o Engenheiro da Empresa TAO, Josué Claudio Savaris, as obras prosseguem conforme cronograma e planejamento, e deverão estar concluídas em meados de fevereiro de 2020.

Cerca de 180 operários impõe forte ritmo na edificação do armazém com capacidade para 100.000 toneladas de soja e milho, e outros dois silos, moegas e a casa de máquinas. Os investimentos superam os R$ 40 milhões.

Durante a visitação, o Prefeito de Matupá, Valtinho Miotto, lembrou que a localização estratégica da cidade na Rota da Soja - as margens das rodovias BR-163 e MT-322, o grande potencial de fertilidade das terras da região, investimentos públicos em infraestrutura de estradas, pontes, bueiros e galerias, a confirmação da implantação da Ferrogrão com um terminal de cargas no município e previsão de investimentos de R$ 12 bilhões, bem como, a ampliação da área plantada de lavoura mecanizada de grãos, são fatores que constituem-se em atrativos para as empresas e indústrias do agronegócio. 

A Unidade da SIPAL Ovetril  terá mais de 11.600 M² de área construída e a expectativa é de que sejam gerados entorno de 150 empregos diretos e indiretos em sua operacionalização. Com visão empreendedora futurística, a empresa pretende futuramente construir uma Planta Industrial de Produção de Etanol no município de Matupá-MT.

O Vale do Peixoto e o Portal da Amazônia vivenciam déficit de armazéns para atender a demanda de produção, a chegada da infraestrutura da SIPAL-Ovetril para recepção, secagem e armazenagem de grãos, será fundamental para agregação de valor ao produto estocado, pois ajudará não apenas na diminuição da distância para o barateamento do frete, mas também na garantia de manutenção dos padrões de preços aplicados no mercado. A empresa é a maior armazenadora do governo federal em Mato Grosso.

Continue Lendo

Nova Santa Helena

Nova Santa Helena implantará Sistema Positivo na rede municipal de educação

Prefeita Terezinha Carrara assina convênio e mais de 600 alunos da rede pública receberão a formação educacional do Sistema Aprende Brasil

Nova Santa Helena implantará Sistema Positivo na rede municipal de educação
Foto: Apresentação da Metodologia Positivo

A Prefeitura Municipal de Nova Santa Helena irá implantar para o ano letivo 2020 o Sistema de Ensino ‘Aprende Brasil’ da Editora Positivo, o mesmo que é desenvolvido em diversas escolas particulares de todo território nacional.

Os Consultores do Sistema Positivo estiveram reunidos com a Prefeita Terezinha Carrara, Secretário de Educação Adriano Bortollin, Técnicos Educacionais, Coordenadores e Professores da rede municipal de ensino para apresentar a metodologia, as ferramentas tecnológicas, a plataforma de trabalho e os materiais pedagógicos e didáticos a serem utilizados pelos profissionais da educação e os alunos em sala de aula.

Segundo o Secretário de Educação, Adriano Bortolin, o investimento se faz necessário no sentido de potencializar a qualidade do ensino nas escolas municipais, por meio de uma aprendizagem atrativa, progressiva, articulada e interdisciplinar, e que esteja focada e direcionada a melhoria do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB.

“O convênio foi firmado pela nossa Prefeita Terezinha Carrara e a Editora Positivo para que já em 2020 tenhamos a inserção do sistema no processo ensino-aprendizagem de Nova Santa Helena. A visão da atual gestão é de que com educação não se gasta, mas se investe com a certeza do retorno positivo. Não tenho dúvidas de que haverá um grande avanço, não apenas no contexto do material didático de qualidade, mas também com relação ao amplo suporte na gestão escolar”, enfatizou o Secretário.

Todas as tratativas técnicas e institucionais estão sendo feitas para que as quatros escolas municipais de educação infantil e ensino fundamental, Branca de Neve, Professor José Alves Govea, Monteiro Lobato e Antônio Pelissari acessem o conjunto de serviços e soluções educacionais Positivo - Livros Didáticos Integrados, Livro digital, Aprende Brasil On, Assessoria Pedagógica, Hábile (Sistema de Avaliação), SimeB (Ferramenta de Gestão) e os Suplementos Pedagógicos.

“Estamos administrando com planejamento para melhorarmos a educação em toda sua magnitude, ou seja, infraestrutura, transporte escolar, formação e atualização de professores, material didático, merenda escolar e a qualidade do ensino pedagógico. Ainda faremos novos investimentos para que efetivamente alcancemos melhor resultados no IDEB e na formação educacional de nossas crianças, adolescentes e jovens”, declarou a Prefeita Terezinha Carrara.  

Continue Lendo

Mais lidas da semana