Redes Sociais
Redes Sociais

Política

Prefeito Marcos Icassati concede entrevista e tranquiliza população

Prefeito em Exercício falou sobre decisão do TSE, Cassação de Ex-Prefeito, Tomada de Decisões e reafirmou Compromisso com a População

Prefeito Marcos Icassati concede entrevista e tranquiliza população
Foto: Marcos Icassati - Prefeito em Exercício

O Prefeito em Exercício de Matupá, Marcos Icassati, concedeu entrevista coletiva para esclarecer e tranquilizar a população em relação ao cumprimento da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que cassou o ex-prefeito Fernando Zafonato (DEM) e o conduziu de forma imediata ao cargo de Chefe do Poder Executivo Municipal.

“Fui eleito em novembro de 2020 para exercer a vereança pela terceira vez consecutiva. Deixo evidente que não tenho vaidade política, tenho sim responsabilidade, experiência e compromisso com o nosso povo, não estou assumindo a Prefeitura por mero capricho ou prazer pessoal, estou sim cumprindo a intimação feita pela Justiça que cassou o registro de candidatura de Fernando Zafonato por improbidade administrativa, danos ao erário público e enriquecimento ilícito, todos os crimes que o colocaram como sendo Ficha Suja, deixando-o inelegível. Jamais fugirei desta convocação e missão imposta telo TSE, pois Matupá não pode ficar numa espécie de corda bamba administrativa, onde o prefeito esteja a todo momento sob a eminencia de cassação, isso é extremamente prejudicial a este município que em 2020 foi eleito como sendo a 3ª melhor cidade para se viver no Brasil com até 20.000 habitantes e que foi destaque em gestão, finanças e desempenho. Estou tranquilo e preparado para esse desafio”, disse o Prefeito Marcos Icassati.

Ele lembrou que a Chapa composta pelo candidato Fernando Zafonato e Bruno Mena, além de cassada também teve todos os votos de 2020 anulados pela Justiça Eleitoral, a exemplo do que ocorreu em 2012 quando disputou as eleições, inclusive já enquadrado na Lei da Ficha Suja, sujeitando os cidadãos Matupaenses a conviverem com a incerteza e insegurança política-administrativa.

“Fernando Zafonato estava ciente de sua inelegibilidade, apontada por todos os demais candidatos majoritários no período eleitoral, pois foi julgado por um colegiado em segunda instância, mas preferiu fazer o enfrentamento junto a justiça eleitoral para tentar retornar ao poder a qualquer custo, fato que em tempo foi sabiamente corrigido unanimemente pelos ministros do Tribunal Superior Eleitoral, que determinou ao Juiz da 33ª Zona que se fizesse cumprir de imediato a minha condução a Prefeitura até a realização de novas eleições. Portanto, não fui eu Marcos Icassati que cassou o então prefeito e sim os crimes que o mesmo cometeu em sua gestão e que o colocaram na mira da Justiça pela segunda vez, causando instabilidade administrativa e que vamos neste período em que estiver a frente da Prefeitura de Matupá reestabelecer a ordem, planejamento, credibilidade e o verdadeiro respeito com a coisa pública", mencionou o Prefeito em Exercício.

Marcos Icassati teceu comentários sobre as insinuações descabidas de alguns veículos de comunicação que vem tentando induzir, tumultuar, intrigar e desestabilizar a decisão do TSE, quando escreve matérias visivelmente politiqueiras dizendo que após Notificação e Intimação da Justiça Eleitoral, o Prefeito em Exercício esteve substituindo fechaduras, desmerecendo secretários e agindo de truculência.

“Hora, não me candidatei para ser prefeito e sim vereador, mas nasci neste lugar, aqui constitui família, faço parte desta comunidade, sou profissional da comunicação e já caminho para meu terceiro mandato eletivo. Não é do meu perfil e índole agir de maneira abrupta como mentirosamente foi colocado. Recebi a intimação para imediata chefia da Paço Municipal no dia 21 de maio após horário de expediente, por volta das 17:20 horas, sendo que o Prefeito Cassado Fernando Zafonato fora notificado pelo menos uma hora antes. Não houve contato com a minha pessoa para providencias de transição ou entrega das chaves, o que seria mais justo, e até mesmo a Prefeitura estava fechada. A partir do momento em que assinei a intimação toda responsabilidade do Governo recaia sobre mim, oportunidade em que para resguardar o patrimônio público, documentos administrativos e evitar problemas e transtornos nas secretarias, departamentos e outras repartições, e evidentemente resguardar a minha pessoa de qualquer ato que prejudicasse a governança, optei por substituir a fechadura de algumas secretarias. Todo este procedimento foi feito com testemunhas e registros, assegurando a transparência do ato, até porque naquele momento havia recebido denúncia de que algumas secretarias estavam abertas, fora do horário de expediente, com movimentação de pessoas e com veículos de portas abertas, onde estavam levando papeis e pastas, algo que nos preocupou levando a tomada desta responsável decisão. Essa é a verdade”, esclareceu o Prefeito Marcos Icassati.

No encerramento da coletiva, o gestor garantiu e assegurou ao povo Matupaense que trabalhara neste período em que estiver a frente da Prefeitura com muita responsabilidade, transparência, determinação e comprometimento. Icassati já está montando sua equipe de governo e várias ações alinhadas com as necessidades da municipalidade em todos os setores públicos começam a acontecer, pois segundo ele, será um breve, porém muito produtivo período de gestão com obras, projetos e melhorias para comunidade.

“Reforço meu compromisso, não apenas de cumprir ao chamamento da Justiça, mas principalmente de continuar trabalhando para melhorar a qualidade de vida de nossa gente, que vivenciou ao longo dos últimos 20 anos muito desenvolvimento e prosperidade, e que merece ter a continuidade de tudo que faça o município avançar, progredir e evoluir. Matupá vai retomar sua estabilidade político-administrativa e conto com toda população nesta reconstrução que já começou”, finalizou Marcos Icassati.   

Comentários
Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doNotícia Vip , does not reflect the opinion of this site or its authors and is the responsibility of the readers that publish.

Peixoto de Azevedo

Ampliação e Modernização da Frota de Veículos Públicos de Peixoto de Azevedo

Foram entregues ônibus escolar, 02 Fiat Strada e 01 caminhonete S10 4x4 para as Secretarias de Educação, Obras e Assistência Social

Ampliação e Modernização da Frota de Veículos Públicos de Peixoto de Azevedo
Foto: Entrega de Veículos e Ônibus
Desde o 1º mandato de 2017-2020 até a presente data, a administração do Prefeito Maurício Ferreira de Souza já promoveu investimentos da ordem de R$ 11 milhões na ampliação, renovação e atualização da frota de máquinas pesadas, caminhões, ônibus escolares, ambulâncias, patrulhas mecanizadas, caminhonetes e veículos utilitários.
 
Já são mais de 60 veículos adquiridos e colocados a disposição de praticamente toda as secretarias municipais de Peixoto de Azevedo-MT.
 
Na tarde desta segunda-feira (20) foram entregues na Praça Central mais 02 veículos Fiat Strada 0 km para a Secretaria de Obras e Departamento de Engenharia, 01 Caminhonete S-10 4x4 e 01 Ônibus Escolar Caminho da Escola.
 
 
Participaram do evento o Prefeito Maurício Ferreira de Souza, Vereadores, Secretários Municipais e demais autoridades e lideranças comunitárias.
 
“As aquisições vem de encontro as necessidades das secretarias e departamentos para que possam otimizar suas atividades, garantindo melhores condições de trabalho e assegurando cada vez mais eficiência e produtividade nas demandas públicas de Peixoto de Azevedo e distrito União do Norte”, disse o Prefeito Maurício Ferreira de Souza.
 
 
Caberá aos Departamentos de Patrimônio e de Máquinas Rodoviárias monitor o desempenho da frota conforme o seu tempo de uso, a maioria absoluta dos veículos, ônibus, ambulâncias e maquinários pesados foram adquiridos com recursos próprios da Prefeitura de Peixoto de Azevedo-MT.
 
 
Participaram do evento o Prefeito Maurício Ferreira de Souza, Vice-Prefeito Gilmar Santos Souza, vereadores Evandro Kommers, Caçula Lopes, Professor Renato, Mário Aparecido, Gleisson Noleto, Chiquinho Aboiador e Eliege Kruhl, além dos Secretários Flavio Duarte (Obras), Raimunda Barbosa (Educação), Sidney de Paula (Governo), Marisete Alberti Souza (Assistência Social), Subprefeito Jair Labres e o Diretor de Transporte Rodoviário Claudemir da Veiga Silva, entre outras autoridades e lideranças comunitárias.
 
Continue Lendo

Peixoto de Azevedo

Prefeito de Peixoto determina retomada de vacinação de adolescentes

Prefeito Maurício oficiou a Secretaria de Saúde que retome a imunização de adolescentes de 12 a 17 anos contra o coronavírus

Prefeito de Peixoto determina retomada de vacinação de adolescentes
Foto: Prefeito Maurício Ferreira de Souza
O Prefeito de Peixoto de Azevedo, Maurício Ferreira de Souza, oficiou nesta segunda-feira dia 20 de setembro, a Secretaria de Saúde e o Departamento de Imunização, que retomem de imediato a vacinação de adolescentes acima de 12 a 17 anos sem comorbidades.
 
Mesmo com planejamento e organização do procedimento de imunização iniciado em 15 de setembro para esta faixa etária, houve a suspenção devido a Nota Técnica do Ministério da Saúde solicitando a interrupção do cronograma municipal.
 
De acordo com o teor do documento emitido pelo Prefeito Maurício Ferreira, a vacinação de adolescentes Peixotenses de 12 a 17 anos faz parte da estratégia de prevenção a Covid-19, inclusive seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), além de que, a vacina da Pfizer licenciada pela Anvisa é a única que já tem autorização para a aplicação para esta faixa etária tendo também como prioridade a população de 12 a 17 anos com deficiências permanentes, com comorbidades, gestantes e puérperas e os privados de liberdade.
 
“Precisamos dar continuidade à vacinação de nossos adolescentes, já que o próprio Ministério da Saúde e a Anvisa já haviam autorizado a imunização com a vacina da Pfizer. Peixoto de Azevedo tem sido uma referência em Mato Grosso no cumprimento do Plano Nacional de Imunização, não podemos neste momento em que avançamos no enfrentamento ao Coronavírus colocar em risco toda a estratégia de trabalho da Secretaria de Saúde e do Departamento de Vacinação. Determinei a retomada imediata dos procedimentos de vacina dos adolescentes do município, atuando sempre com humanização, responsabilidade e cuidado, prezando acima de tudo pelas vidas de nossos cidadãos”, disse o Prefeito Maurício Ferreira de Souza.
 
A vacinação acontece no Centro Cultural localizado no Bairro Alvorada aos fundos do Estádio Morada do Ouro no horário das 8:00 as 11:00 e das 13:00 as 16:30 horas.
 
Lembrando que é necessário o adolescente estar acompanhado do pai, mãe ou tutor com comprovação. Também é obrigatório apresentar caderneta de vacinação, cartão SUS e documento com foto.
Continue Lendo

Peixoto de Azevedo

Projeto Jornada Voluntária impacta na diminuição da criminalidade

MPE, CONSEG e 22º BPM buscam parceria com a Prefeitura de Peixoto de Azevedo para otimização do projeto de segurança pública.

Projeto Jornada Voluntária impacta na diminuição da criminalidade
Foto: 22º BPM de Peixoto de Azevedo
Na manhã desta quarta-feira (15) na sede do 22º Batalhão de Polícia Militar de Peixoto de Azevedo foi realizada a reunião expositiva sobre os primeiros 30 dias do Projeto ‘Jornada Voluntária de Policiamento’ que está sendo desenvolvida através da parceria Ministério Público Estadual, Conselho Comunitário de Segurança Pública e Polícia Militar.
 
Participaram do encontro o Promotor de Justiça, Dr. Marcelo Mantovani Beato, Comandante do 22º BPM Ten. Cel. Motta, Prefeito Maurício Ferreira de Souza e a Presidente do CONSEG, Jersiane Fernandes dos Santos.
 
Em relatório apresentado pelo Comandante do 22º BPM, Ten. Cel. Motta, o trabalho dos policiais em jornada voluntária nos finais de semana foi preponderante na diminuição dos índices de criminalidade, resultando em penalizações por Infrações de Trânsito e Perturbação ao Sossego Público, Apreensão de Armas de Fogo e Entorpecentes, Desenvolvimento de Rondas e Blitz para inibição de atos delituosos, Combate a Depredação do Patrimônio Público e outros pontos positivos dentro da Operação ‘Carga Total’ com emprego de maior efetivo policial e viaturas nos bairros da cidade.
 
 
“Cumprimos a contento nossa missão de garantir a ordem e segurança, demonstrando a viabilidade técnica e operacional do Projeto Jornada Voluntária, onde o policial de folga opta por desenvolver o trabalho, recebendo a justa remuneração pelo serviço de caráter extraordinário que impacta diretamente nas ações de prevenção de crimes e na maior sensação de segurança”, declarou o Ten. Cel. Motta.
 
O Promotor de Justiça, Dr. Marcelo Mantovani Beato, mencionou que até o mês de dezembro o CONSEG dará a cobertura financeira para o Projeto ‘Jornada Voluntária da Polícia Militar Peixotense’, mas que já existe o comprometimento do Poder Executivo Municipal de ampliar o valor repassado ao Conselho de Segurança para otimização do policiamento preventivo, ostensivo e repressivo, em especial diante do advindo das festividades de final de ano.
 
O Prefeito Maurício Ferreira de Souza se comprometeu em ampliar o volume de recursos financeiros no que a legislação permitir neste ano de 2021 e que um novo planejamento de trabalho orçamentário com aval jurídico será colocado em prática em 2022 para suprir as necessidades do Projeto ‘Jornada Voluntária’ que visa fortalecer as políticas públicas de segurança em Peixoto de Azevedo.
 
“Além desta contrapartida imediata, iremos elaborar um Projeto de Lei e encaminhar ao Poder Legislativo Municipal para incrementar os investimentos no setor de segurança pública, já que o município vem se desenvolvendo a passos largos e com este processo aumentam também os índices de ocorrências policiais e até mesmo problemas sociais. Com essa parceria firmada com o MPE, Câmara de Vereadores e o CONSEG iremos aprimorar a atuação das forças de segurança em território Peixotense”, disse o Prefeito Maurício Ferreira de Souza.
 
Continue Lendo

Mais lidas da semana