Redes Sociais
Redes Sociais

Social

CUFA Peixoto entrega mais de 200 cestas básicas

Com apoio da Vale do Rio Doce e Prefeitura de Peixoto de Azevedo a CUFA está doando cestas de alimentos às famílias em vulnerabilidade social

CUFA Peixoto entrega mais de 200 cestas básicas
Foto: Entrega de Cestas Básicas
Mais de 200 famílias já estão sendo beneficiadas com cestas básicas durante a pandemia da Covid-19 devido a situação de insegurança alimentar nos bairros, comunidades e aldeias indígenas de Peixoto de Azevedo.
 
Trata-se de um movimento da CUFA que tem o apoio da Vale do Rio Doce de combate à fome. A entrega dos alimentos como: arroz, feijão, açúcar, trigo, macarrão, café, óleo de soja, sal e outros estão sendo distribuídos na sede da instituição no Bairro Mãe de Deus.
 
As famílias cadastradas receberão as cestas básicas durante seis meses consecutivos. A logística de transporte das 200 cestas de alimentos de Cuiabá até Peixoto de Azevedo e distrito União do Norte foi feita pela Prefeitura Municipal através da Secretaria de Agricultura, que também mobilizou sua equipe multiprofissional para auxiliar a CUFA no ato de entre.
 
“Agradeço a Vale do Rio Doce que em meio à pandemia da Covid-19 presta este auxílio as famílias em vulnerabilidade social do nosso município, muitas delas enfrentam sérias dificuldades para se alimentar diariamente. É uma ajuda bem vinda e estamos aqui na linha de frente para fazer acontecer esta ação de solidariedade”, disse o Presidente da CUFA, Gerlan Melo.
 
Ele agradeceu a presteza e apoio incondicional do Secretário de Agricultura Alan Aires e de toda gestão pública municipal por sempre se apresentarem parceiros dos projetos, campanhas e atividades da CUFA junto a comunidade.
 
O Secretário Alan Aires parabenizou a iniciativa da Vale do Rio Doce e CUFA neste justo propósito de melhorar a vida e transformar o futuro das pessoas em vulnerabilidade social dos bairros, assentamentos rurais e das aldeias indígenas.
 
“É determinação do Prefeito Maurício Ferreira e da Primeira Dama Marisete Alberti Souza somar forças aos clubes de serviços, igrejas, associações, instituições filantrópicas e organizações governamentais e não governamentais no combate à fome agravada pela pandemia do novo coronavírus. Durante esses seis meses, as 200 famílias podem contar com a logística de transporte dos alimentos para que as mesmas tenham acesso as cestas básicas”, salientou o Secretário de Agricultura, Alan Aires.
Mais Fotos
Comentários
Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doNotícia Vip , does not reflect the opinion of this site or its authors and is the responsibility of the readers that publish.

Peixoto de Azevedo

Bairro Mãe de Deus terá Academia ao Ar Livre

Aparelhos já estão na Secretaria de Esportes para que sejam instalados na comunidade Peixotense

Bairro Mãe de Deus terá Academia ao Ar Livre
Foto: Aparelhos da Academia
Os aparelhos e equipamentos da Academia ao Ar Livre já estão nas dependências da Secretaria Municipal de Esportes de Peixoto de Azevedo que por sua vez está ultimando os detalhes para implantação da mesma no Bairro Mãe de Deus na região do Ginásio de Esportes e a Comunidade São José Operário.
 
A administração será responsável pela construção do espaço físico, instalação e manutenção dos aparelhos, além de disponibilizar equipe multiprofissional para orientação aos praticantes de exercícios físicos.
 
A Academia ao Ar Livre foi doada pelo Governo do Estado por meio de uma projeto encabeçado pelo Rotary Clube. A expectativa é de que em poucos dias os moradores deste que é um dos maiores bairros da cidade possam usufruir deste equipamento público.
Continue Lendo

Justiça

Juiz determina exclusão de vídeo onde Fernando Zafonato faz acusações inverídicas contra a candidata Marinilde

Juiz da 33ª Zona Eleitoral determinou exclusão das postagens ofensivas sob pena de multa e crime de desobediência

Juiz determina exclusão de vídeo onde Fernando Zafonato faz acusações inverídicas contra a candidata Marinilde
Foto: Prefeito Cassado, Fernando Zafonato

O Juiz Substituto da 33ª Zona Eleitoral determinou nesta quarta-feira dia 28 de julho a retirada imediata de vídeo postado pelo prefeito cassado pelo Pleno do TSE, Fernando Zafonato, feita em sua rede social no Facebook , onde sordidamente mentiu ao dizer que a culpa de sua cassação por atos concretos de improbidade administrativa e danos ao erário público seria de responsabilidade da candidata Marinilde, mesmo notoriamente a mesma não estar figurando em nenhum momento do processo. 

Apesar de cassado, Fernando Zafonato é o representante legal da Coligação ‘Matupá é do Povo’ junto a Justiça Eleitoral e que tem como candidato Bruno Mena, seu então Vice-Prefeito.

Com objetivo de denegrir a imagem da candidata, Fernando Zafonato, fez considerações pejorativas, ofensivas e enganosas com a finalidade explicita de ludibriar e confundir os eleitores Matupaenses as vésperas do pleito eleitoral.

Diante deste fato, a Coligação ‘Matupá em Mãos Limpas, em Respeito a Você’ apresentou Representação junto a Justiça Eleitoral para que suspenda todas as postagens e exclua o vídeo veiculado pelo Prefeito Cassado Fernando Zafonato.

O pedido foi julgado procedente pelo Juiz Jean Garcia de Freitas Bezerra.

Na ação, a coligação “Matupá em Mãos Limpas” afirma que os fatos sustentados pelo ex-prefeito Zafonato são sabidamente inverídicos e que o vídeo foi postado com o intuito de construir uma narrativa que justificasse a decisão do Tribunal Superior Eleitoral, que cassou unanimamente (7x0) o mandato do então gestor por crime de improbidade administrativa cometido entre os anos 2009 e 2012, período em que esteve à frente da administração do município.

Em sua decisão o juiz da 33ª Zona Eleitoral deixa claro que “o vídeo postado não condiz com a verdade dos fatos, uma vez que a candidata atacada, senhora Marinilde Dall Acqua, sequer figurou como parte da ação civil pública por ato de improbidade administrativa.

Ele também considerou que “a divulgação inverídica provoca na mente do eleitorado um estado mental, emocional e/ou passional que pode afastar os votos daqueles eleitores que votariam na candidata Marinilde” nas eleições suplementares que acontecem no próximo domingo dia 1º de agosto.

Caso Zafonato não exclua o vídeo do Facebook em 24 horas, o juiz determinou multa no valor de R$ 5 mil por dia, além da consideração do não acolhimento como sendo crime de desobediência.  

Continue Lendo

Mais lidas da semana