Redes Sociais
Redes Sociais

Matupá

Prefeito Valtinho assume Comissão Pró Duplicação da Rodovia BR-163

Prefeitos de Matupá, Peixoto de Azevedo e Guarantã se únem pela duplicação da rodovia federal.

Prefeito Valtinho assume Comissão Pró Duplicação da Rodovia BR-163
Foto: Reunião realizada na sede da Bom Futuro

O Prefeito Valtinho Miotto e o Empresário do Agronegócio do Grupo Bom Futuro, Eraí Maggi, receberam o Superintendente Regional do DNIT-MT, Orlando Fanaia e toda comitiva técnica de engenheiros do órgão federal ligado ao Ministério da Infraestrutura.

Na oportunidade passava pela cidade de Matupá a excursão Estradeiro da APROSOJA – Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso, que faz parte do Movimento Pró-Logística que está percorrendo as BRs 158, 230 e 163 --- as principais rotas de escoamento dos grãos de Mato Grosso até Santarém no Pará.

Durante o encontro realizado na sede da Empresa Bom Futuro, as margens da MT-322 (Antiga BR-080), que contou com a participação dos Prefeitos de Peixoto de Azevedo, Maurício Ferreira de Souza, de Guarantã do Norte Érico Stevan, Vereadores, Empresários, Associações de Produtores, Cooperativas e demais segmentos organizados do extremo Norte Mato-grossense, o Superintendente do DNIT-MT, Orlando Fanaia, anunciou a conclusão do trecho de 51 km da rodovia BR-163 até Miritituba-PA.

Foram 10 presidentes da república e praticamente 43 anos de espera desde a inauguração da estrada em 1976.

No período de 2008 a 2019 foram gastos mais de R$ 3,6 bilhões para a execução integral da obra de infraestrutura estratégica para o agronegócio brasileiro. Isso foi possível graças a vontade política do Presidente Jair Bolsonaro e a grande força tarefa que envolveu o DNIT e o Exército Brasileiro através do 8º Batalhão de Engenharia de Construção.

“Com isso encerra-se o pesadelo de atoleiros e filas quilométricas ao longo da Cuiabá-Santarém, possibilitando uma maior logística de transporte de grãos para os Portos e Estações de Transbordos de Rondônia, Amazônas, Pará, Amapá e o Maranhão. A rodovia federal deverá ser inaugurada pelo Presidente Jair Bolsonaro e o Ministro de Infraestrutura Tarcisio Gomes. Esta é a certeza de que os grãos produzidos no nortão de Mato Grosso poderão ser exportados para a Ásia e a Europa”, comentou o Superintendente do DNIT, Orlando Fanaia.

Prefeitos, Vereadores, Empresários do Agronegócio, Base Florestal e Mineração, bem como os representantes do Movimento Pró Logística, Cooperativas, Associações, Clubes de Serviços e demais participantes do evento, aclamaram pelo nome do Prefeito Valtinho Miotto para estar a frente da Comissão Pró Duplicação do Trecho da BR-163 entre Peixoto de Azevedo, Matupá e Guarantã do Norte, que este ano foi o que mais registrou acidentes com vítimas fatais por três meses consecutivos.

Ficou decidido que será agendada uma audiência com o Diretor Geral do DNIT para discutir a elaboração conjunta de um projeto de engenharia mais arrojado, visando atender a demanda e o fluxo de caminhões no período de safra que poderá chegar a 13 milhões de toneladas em 2020 com a conclusão da pavimentação asfáltica da BR-163, fator este positivo para a economia estadual, mas que irá agravar os registros e aumentar os índices de acidentes com vítimas fatais na referida autoestrada.

“Agradeço a confiança dos prefeitos, câmaras de vereadores, setores empresarial, industrial, comercial, empreendedores do agronegócio, base florestal, e todas as instituições públicas e privadas por acreditar e reconhecer a experiência de 20 anos de vida pública em benefício do desenvolvimento regional. Esta Comissão Pró Duplicação terá a responsabilidade de fazer gestões com a Bancada Federal de Deputados e Senadores de Mato Grosso, afim de garantir recursos financeiros no Orçamento Geral da União para 2020, tanto para o projeto de engenharia de transporte rodoviário e a duplicação propriamente dita, que dará maior fluidez e segurança para os que utilizam a rodovia BR-163 neste seguimento, Peixoto de Azevedo, Matupá e Guarantã do Norte”, declarou o Prefeito Matupaense, Valtinho Miotto.

O Empresário, Eraí Maggi, solicitou ao Superintendente e Engenheiros do DNIT-MT que já façam os levantamentos técnicos necessários vislumbrando a futura implantação do modal ferroviário (Ferrogrão) e a própria conclusão da Cuiabá-Santarém ocorrida neste mês de dezembro, ou seja, os referidos investimentos estruturantes deverão acontecer com a duplicação da BR-163 e a construção de viadutos, novos trevos, contornos rodoviários, passarelas aéreas e demais intervenções que possibilitem o desafogamento do trânsito e a minimização dos riscos de acidentes.

Os prefeitos Valtinho Miotto, Maurício Ferreira de Souza e Erico Stevan esperam que caso haja a privatização ou concessão deste trecho da BR-163, que o Ministério dos Transportes/Governo Federal através do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes assuma a responsabilidade e o compromisso de executar as obras de duplicação, pois as empresas vencedoras (Concessionárias) e que contam com Praças de Pedágio ainda não duplicaram se quer 1 km da referida rodovia de Cuiabá a cidade de Sinop.

“Não podemos mais esperar. As Prefeituras já manifestaram interesse na formalização de parcerias com os Governos Estadual e Federal. Infelizmente as empresas concessionárias cobram pedágios e deixam de cumprir suas obrigações, quer seja de manutenção e conservação, mas também no contexto de duplicação das rodovias federais em Mato Grosso. É inadmissível termos que conviver com a insegurança no trânsito da BR-163 e que a cada dia continua levando pessoas a morte. A execução desta obra deve ser encarada como prioridade absoluta”, salientou o Prefeito Miotto.

Comentários
Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doNotícia Vip , does not reflect the opinion of this site or its authors and is the responsibility of the readers that publish.

Mais lidas da semana