Redes Sociais
Redes Sociais

Matupá

Aeroporto de Matupá recebe visita técnica do COMARA/FAB

Cel. Aviador Steven confirmou que aeroporto regional Orlando Villas Boas poderá receber R$ 8 milhões de investimento ainda este ano.

Aeroporto de Matupá recebe visita técnica do COMARA/FAB
Foto: Prefeito Valtinho e Secretário Mano recepcionam Militares da FAB

O Prefeito de Matupá, Valtinho Miotto, recebeu na tarde destedomingo (16) no Aeroporto Regional Orlando Villas Boas, o Coronel Aviador Steven Meier, Vice-Presidente da COMARA - Comissão de Aeroportos da Região Amazônica, órgão que faz parte da estrutura administrativa e de infraestrutura da Força Aérea Brasileira – FAB, e que está estabelecida em Belém-PA. 

Mais de 10 Militares entre engenheiros, técnicos e outros profissionais, acompanharam a comitiva na visita ao Aeródromo Matupaense para elaboração de um diagnóstico situacional da infraestrutura do Aeroporto Regional. 

De carro, o Coronel Aviador, Steven, percorreu todo complexo para checar as condições da pista de pouso e decolagem, cercamento aeroportuário, topografia de toda área, infraestrutura existente, aspectos ambientais, dentre outros levantamentos e situações observadas de forma prioritária. 

A Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (COMARA) constatou que o aeródromo apresenta-se em condições extremamente favoráveis, superando o atual registro do Manual de Rotas Aéreas Brasileiras, e poderá receber o aval da Secretaria Nacional de Aviação Civil para o recebimento dos recursos da ordem de R$ 8.000.000,00 (Oito Milhões de Reais) ainda este ano de 2020. 

O Cel. Aviador, Steven Meier, informou que deverão ser desenvolvidas obras de cercamento operacional, implantação de sinalização e iluminação, farol rotativo, sistema de aproximação de alta precisão nas duas cabeceiras da pista, biruta iluminada, entre outras ferramentas, equipamentos e mecanismos que possam viabilizar a operação 24Hs do Aeroporto Regional Orlando Villas Boas.

“Estaremos reunidos nesta semana na Secretaria Nacional de Aviação Civil e apresentaremos os dados positivos sobre a viabilidade técnica, operacional e de logística aérea de Matupá, cuja pista é homologada. Esperamos que o mais breve possível tenhamos este aval da Secretaria e do Ministério de Infraestrutura, bem como, a destinação dos recursos financeiros do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC) para execução deste relevante projeto que representa um grande avanço no planejamento estratégico integrado da aviação civil regional brasileira”, disse o Coronel Aviador do COMARA, Steven Meier.

Matupá está sendo priorizada pela força tarefa dos Ministérios da Defesa e Infraestrutura devido ao seu posicionamento estratégico, sua relevância socioeconômica, nível de acessibilidade na Amazônia Legal, potencial turístico e de fomento da integração nacional brasileira.

O Prefeito Valtinho Miotto lembrou que os recursos vão permitir que o Aeroporto Orlando Villas Boas esteja adequado para voos domésticos e comerciais com absoluta qualidade e segurança, propiciando assim o desenvolvimento regional e de serviços sociais, como na logística de transporte de pacientes em estado grave por meio de UTIs Aéreas para os Hospitais e Clínicas referenciais de Mato Grosso e de todo País. Nesta etapa, apenas nove municípios da Amazônia Brasileira foram contemplados, dentre eles a cidade de Matupá-MT.

“Já estamos fazendo gestão em Brasília para que recursos federais da ordem de R$ 3,5 milhões sejam liberados para implantarmos a infraestrutura de acesso ao aeroporto, ou seja, a ligação asfáltica da rodovia BR-163 até o aeródromo. Outra ação em que estamos engajados é na captação de verba para construirmos um Terminal Aeroportuário capaz de suprir as taxas de crescimento positivo para a movimentação de aeronaves em nossa cidade e região, com salas administrativas, operacionais, embarque, recepção, entre outras dependências”, comentou o Prefeito Valtinho Miotto. 

Mais Fotos
Comentários
Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doNotícia Vip , does not reflect the opinion of this site or its authors and is the responsibility of the readers that publish.

Peixoto de Azevedo

Secretaria de Obras recupera Estrada da Serrinha em Peixoto de Azevedo

São 10 km de patrolamento, abertura de saídas de água e cascalhamento da estrada de acesso a lavouras de grãos e garimpos.

Secretaria de Obras recupera Estrada da Serrinha em Peixoto de Azevedo
Foto: Recuperação da Estrada
Uma patrulha de maquinários da Secretaria de Obras de Peixoto de Azevedo está fazendo a recuperação de um trecho de aproximadamente 10 km da Estrada Municipal da Serrinha.
 
Estão sendo executados: patrolamento, cascalhamento e abertura das saídas de água.
 
Mesmo em tempos de intensas chuvas, a prioridade é garantir o escoamento de grãos como a soja, o transporte de gado até os frigoríficos e o acesso as frentes de garimpo de ouro desta região.
 
 
Estão sendo utilizados 01 PC, 02 Caminhões Basculantes e 01 Moto-Niveladora na revitalização desta importante via de escoamento da produção agropecuária e mineral.
 
O Prefeito Maurício Ferreira de Souza determinou que a Secretaria de Obras mantenha uma patrulha de maquinários de plantão para atender as demandas do setor produtivo e de empreendimentos de mineração, duas fortes cadeias para o fortalecimento econômico e a geração de empregos em Peixoto de Azevedo-MT.
 
 
“A expectativa é de que os trabalhos de revitalização neste trecho mais crítico seja feita em três dias, garantindo a trafegabilidade na Estrada da Serrinha. As melhorias são paliativas, uma vez que apenas no período de estiagem poderá ser feito uma restauração de maior durabilidade”, enfatizou o Secretário de Obras, Flávio Duarte.
 
Todos os serviços estão sendo desenvolvidos com recursos próprios da Prefeitura Municipal de Peixoto de Azevedo.
 
Continue Lendo

Social

Machadão Atacadista já repassou R$ 28.500,00 para APAEs de Matupá, Peixoto e Guarantã

A terceira etapa de repasse financeiro da Campanha Colabore aconteceu no Machadão Atacadista de Matupá

Machadão Atacadista já repassou R$ 28.500,00 para APAEs de Matupá, Peixoto e Guarantã
Foto: Entrega dos Cheques as APAEs

Cumprindo sua missão social, o Machadão Atacadista fez esta semana a 3ª entrega de recursos financeiros do ‘Projeto Colabore’ as Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) das cidades de Matupá, Peixoto de Azevedo e Guarantã do Norte.

Até o momento as entidades filantrópicas já receberam no total R$ 28.500,00, sendo que cada APAE recebeu de doação o valor de R$ 9.000,00.

O Machadão Atacadista de Matupá agradece a população regional pela adesão a campanha ao comprar as sacolinhas plásticas beneficentes pelo preço de R$ 0,10 cada, cujo valor líquido é repassado às APAEs, valor de extrema importância para manutenção de suas atividades, projetos, estrutura física e outras demandas de atendimento aos portadores de necessidades especiais.  

Evandro Kommers e Yolanda Lazarotto, Diretores das APAEs de Peixoto e Matupá, enalteceram a iniciativa do Machadão Atacadista, que vem de encontro as necessidades das instituições filantrópicas que atuam com a ajuda e colaboração direta da comunidade.

“Esses valores são significativos para que possamos aprimorar todas as nossas atividades em beneficio dessas pessoas especiais, que precisam de amparo, auxílio, atenção, respeito e muito amor. O Machadão tem proporcionado a continuidade de muitas ações estruturais e no cumprimento das metas da APAE. Em nome dos pais e alunos registramos o profundo agradecimento e gratidão pela solidariedade”, disse o Diretor da APAE Peixotense, Evandro Kommers.

O Machadão Atacadista reconhece, valida e respalda o trabalho desenvolvido pelas APAEs da região Vale do Peixoto, que proporcionam o acesso ao conhecimento, aos direitos constituídos, a cultura e o esporte, à reabilitação, à promoção de autonomia para pleno exercício da cidadania das pessoas com deficiência intelectual e múltiplas, fornecendo aos alunos independência e autonomia.

Continue Lendo

Peixoto de Azevedo

Peixoto de Azevedo recebe Prêmio Internacional em Trabalho Epidemiológico da COVID-19

Foi o 1º Lugar no XII Encontro Científico Internacional do Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do Sistema Único de Saúde (SUS).

Peixoto de Azevedo recebe Prêmio Internacional em Trabalho Epidemiológico da COVID-19
Foto: Prêmio Internacional de Epidemiologia
Pela primeira vez ao longo de sua história, o município de Peixoto de Azevedo através dos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde foi premiado no XII Encontro Científico Internacional do Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do Sistema Único de Saúde (SUS).
 
O evento aconteceu em Brasília nos dias 29 e 30 de outubro de 2020 de forma Online e Semipresencial, e foi organizado pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPA).
 
O trabalho apresentado na Modalidade Pôster/EPISUS Fundamental, intitulado ‘COVID-19: Um estudo descrito das ações diretas para interrupção da cadeia de transmissão de caso índice de Peixoto de Azevedo em 2020’, foi merecedor do 1º lugar com publicação oficial no Caderno do Ministério da Saúde/Governo Federal.
 
 
Esse mérito é de todos os profissionais que atuam nas Unidades Básicas de Saúde, Resgate, Centro de Atenção Psicossocial, Vigilância Epidemiológica, Comitê de Enfrentamento, Centro de Operações Emergenciais, Hospital Regional, Centro Especializado de Atendimento à COVID-19 e do respaldo dado pelo Secretário Municipal de Saúde, Madson Fontoura.
 
“Foi um trabalho em conjunto desde a notificação do primeiro caso, e a partir daí, iniciamos as investigações epidemiológicas e de monitoramento dos contatos nos meios: laboral, domiciliar e social. Conseguimos então confirmar a ocorrência do contágio, descrever a sua evolução, e construir medidas eficazes para mitigação, prevenção e controle das situações de contágio e disseminação do coronavírus. E o que mais nos alegra, é que posteriormente, o Ministério da Saúde publicou protocolos e orientações aos profissionais e a população Brasileira”, explicou uma das Autoras do Trabalho, a Enfermeira Aline Danielli Silva.
 
 
A Secretaria Municipal de Saúde já desenvolve reuniões preparatórias de organização e planejamento estratégico de vacinação da população contra a COVID-19 e continua focada na intensificação de ações e medidas preventivas que possam minimizar o número crescente de notificações, casos confirmados e o índice de óbitos.
 
Os Autores do trabalho que foi classificado nos âmbitos estadual e nacional: Aline Danielli Silva, Davis Arestides Silva, Érica Letícia Rodrigues, Sérgio Bertinetti, Denisson Borges, Adriana Pereira e Orisvania Brandão, receberam Certificados e o Troféu de 1º Lugar do XII Encontro Científico Internacional do Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do Sistema Único de Saúde (SUS).
 
 
EpiSus
 
O programa, implantado no Brasil em março de 2017, foi desenvolvido pelo Ministério da Saúde em parceria com a Rede de Programas de Treinamento em Epidemiologia de Campo e Intervenções em Saúde (TEPHINET), o Centers for Disease Control and Prevention (Atlanta/EUA) e as Secretarias Estaduais e o Distrito Federal.
 
Trata-se de iniciativa que visa implantar um modelo piramidal de treinamentos em epidemiologia de campo, com três níveis: Fundamental, Intermediário e Avançado. É um treinamento em serviço, com enfoque predominantemente prático no aprimoramento das habilidades do profissional em seu contexto de atuação.
 
O objetivo do treinamento é qualificar as ações realizadas pelos profissionais que atuam em Vigilância em Saúde, fortalecendo a capacidade de enfrentamento aos problemas relacionados às ações da área e de resposta ao Sistema Único de Saúde (SUS).
 
Continue Lendo

Mais lidas da semana