Redes Sociais
Redes Sociais

Matupá

Aeroporto de Matupá recebe visita técnica do COMARA/FAB

Cel. Aviador Steven confirmou que aeroporto regional Orlando Villas Boas poderá receber R$ 8 milhões de investimento ainda este ano.

Aeroporto de Matupá recebe visita técnica do COMARA/FAB
Foto: Prefeito Valtinho e Secretário Mano recepcionam Militares da FAB

O Prefeito de Matupá, Valtinho Miotto, recebeu na tarde destedomingo (16) no Aeroporto Regional Orlando Villas Boas, o Coronel Aviador Steven Meier, Vice-Presidente da COMARA - Comissão de Aeroportos da Região Amazônica, órgão que faz parte da estrutura administrativa e de infraestrutura da Força Aérea Brasileira – FAB, e que está estabelecida em Belém-PA. 

Mais de 10 Militares entre engenheiros, técnicos e outros profissionais, acompanharam a comitiva na visita ao Aeródromo Matupaense para elaboração de um diagnóstico situacional da infraestrutura do Aeroporto Regional. 

De carro, o Coronel Aviador, Steven, percorreu todo complexo para checar as condições da pista de pouso e decolagem, cercamento aeroportuário, topografia de toda área, infraestrutura existente, aspectos ambientais, dentre outros levantamentos e situações observadas de forma prioritária. 

A Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (COMARA) constatou que o aeródromo apresenta-se em condições extremamente favoráveis, superando o atual registro do Manual de Rotas Aéreas Brasileiras, e poderá receber o aval da Secretaria Nacional de Aviação Civil para o recebimento dos recursos da ordem de R$ 8.000.000,00 (Oito Milhões de Reais) ainda este ano de 2020. 

O Cel. Aviador, Steven Meier, informou que deverão ser desenvolvidas obras de cercamento operacional, implantação de sinalização e iluminação, farol rotativo, sistema de aproximação de alta precisão nas duas cabeceiras da pista, biruta iluminada, entre outras ferramentas, equipamentos e mecanismos que possam viabilizar a operação 24Hs do Aeroporto Regional Orlando Villas Boas.

“Estaremos reunidos nesta semana na Secretaria Nacional de Aviação Civil e apresentaremos os dados positivos sobre a viabilidade técnica, operacional e de logística aérea de Matupá, cuja pista é homologada. Esperamos que o mais breve possível tenhamos este aval da Secretaria e do Ministério de Infraestrutura, bem como, a destinação dos recursos financeiros do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC) para execução deste relevante projeto que representa um grande avanço no planejamento estratégico integrado da aviação civil regional brasileira”, disse o Coronel Aviador do COMARA, Steven Meier.

Matupá está sendo priorizada pela força tarefa dos Ministérios da Defesa e Infraestrutura devido ao seu posicionamento estratégico, sua relevância socioeconômica, nível de acessibilidade na Amazônia Legal, potencial turístico e de fomento da integração nacional brasileira.

O Prefeito Valtinho Miotto lembrou que os recursos vão permitir que o Aeroporto Orlando Villas Boas esteja adequado para voos domésticos e comerciais com absoluta qualidade e segurança, propiciando assim o desenvolvimento regional e de serviços sociais, como na logística de transporte de pacientes em estado grave por meio de UTIs Aéreas para os Hospitais e Clínicas referenciais de Mato Grosso e de todo País. Nesta etapa, apenas nove municípios da Amazônia Brasileira foram contemplados, dentre eles a cidade de Matupá-MT.

“Já estamos fazendo gestão em Brasília para que recursos federais da ordem de R$ 3,5 milhões sejam liberados para implantarmos a infraestrutura de acesso ao aeroporto, ou seja, a ligação asfáltica da rodovia BR-163 até o aeródromo. Outra ação em que estamos engajados é na captação de verba para construirmos um Terminal Aeroportuário capaz de suprir as taxas de crescimento positivo para a movimentação de aeronaves em nossa cidade e região, com salas administrativas, operacionais, embarque, recepção, entre outras dependências”, comentou o Prefeito Valtinho Miotto. 

Mais Fotos
Comentários
Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doNotícia Vip , does not reflect the opinion of this site or its authors and is the responsibility of the readers that publish.

Nova Santa Helena

Governador atende pleito de Prefeita e empreiteira irá construir a Ponte do Rio Parado na MT-320

Serão investidos mais de R$ 1,7 milhão na construção da ponte de concreto de 30 metros de extensão por 8 metros de largura.

Governador atende pleito de Prefeita e empreiteira irá construir a Ponte do Rio Parado na MT-320
Foto: Placa da Obra na MT-320

Depois de utilizar as redes sociais como ferramenta de reivindicação junto ao Governo do Estado e a Secretaria de Estado de Infraestrutura (SINFRA-MT), por meio de registro de fotos e filmagens da precariedade da situação da Ponte de Madeira sobre o Rio Parado na rodovia MT-320, ligando Nova Santa Helena ao município de Marcelândia, a Prefeita Santa Helenense, Terezinha Guedes Carrara, comemorou a chegada dos operários e contêineres para a montagem do canteiro de obras da empresa vencedora do processo licitatório, cuja ordem de serviço foi dada em meados de outubro de 2019 para a construção da ponte de concreto de 30 metros de extensão por 8 metros de largura nesta importante via estadual.

“A situação caótica da ponte de madeira estava causando transtornos ao escoamento da produção agropecuária, mas principalmente gerando insegurança a todos que por ela transitavam. Fizemos inúmeras parcerias com os produtores e desenvolvemos várias manutenções, reparos e revitalizações, porém, diante do grande fluxo de carretas pesadas o madeiramento acaba não suportando e se deteriora em pouco tempo. Já observamos longas filas de caminhões carregados de grãos aguardando a passagem com destino aos armazéns e secadores, e também registramos graves acidentes com vítimas fatais neste local. Usei sim as redes sociais e fiz os encaminhamentos ao nosso Governador Mauro Mendes e ao Secretário de Infraestrutura Marcelo Padeiro, que sensibilizados com a situação determinaram o início imediato das obras”, comemorou a Prefeita Terezinha Guedes Carrara.

Segundo a prefeita, deverão ser investidos R$ 1.759.574,85 e já se observa a montagem do canteiro de obras da empresa Rivoli do Brasil SPA. Pelas informações constantes na placa, o prazo de execução encerra-se Novembro de 2020.

“Esta obra é prioritária para toda essa região, temos um grande potencial agropecuário e que cresce a cada ano. Convivermos com dificuldades na logística de escoamento da produção e aceitarmos que vidas sejam ceifadas por falta de uma infraestrutura segura, confiável e de qualidade, não condiz com os compromissos assumidos pelas esferas de governo. Mesmo em se tratando de uma rodovia estadual, colocamo-nos a disposição para contribuir no que for necessário. Agradeço ao Governador Mauro Mendes e ao Secretário de Infraestrutura, Padeiro, por ter acionado a empreiteira para iniciar e concluir as obras dentro do que está previsto no projeto de engenharia”, salientou a Prefeita Terezinha.

Continue Lendo

Saúde

Idade média de pacientes diagnosticados com Covid-19 em MT é de 42 anos

25 casos foram confirmados no estado até esta terça-feira.

Idade média de pacientes diagnosticados com Covid-19 em MT é de 42 anos
Foto: Divulgação

Dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgados nesta terça-feira (31) mostram que a idade média dos pacientes diagnosticados com Covid-19 em Mato Grosso é de 42 anos.

Conforme o secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, 25 casos foram confirmados no estado até esta terça-feira.

Desde total, segundo boletim divulgado pela SES, 50% são homens e 50% mulheres.

Oito pacientes que testaram positivo para o coronavírus estão internados, sendo que quatro deles em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e os outros quatro em enfermarias.

Os outros 17 pacientes são tratados em casa, com medidas de isolamento.

Os casos suspeitos são tratados pelo estado como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que inclui a Covid-19 bem como outros tipos de Influenza.

Dos 25 casos de Covid-19, 18 foram registrados em Cuiabá, dois em Várzea Grande, um em Nova Monte Verde e quatro em Rondonópolis.

A Secretaria Estadual de Saúde não repassa mais a informação sobre a quantidade de casos suspeitos, ficando a cargo dos municípios essa informação.

Continue Lendo

Mais lidas da semana