Redes Sociais
Redes Sociais

Nova Santa Helena

Em 2020 Nova Santa Helena contará com 5 ambulâncias

Atualmente a secretaria de saúde conta com 03 revisadas e 01 0 Km a disposição da população Santa Helenense.

Em 2020 Nova Santa Helena contará com 5 ambulâncias
Foto: Uma das Ambulâncias totalmente revisada

A Secretaria de Saúde de Nova Santa Helena conta atualmente com três ambulâncias usadas e uma 0 Km recentemente adquirida e entregue a Unidade Básica de Saúde Santa Terezinha da comunidade Vila Atlântica.

Uma das maiores preocupações da gestão da Prefeita Terezinha Carrara é garantir um transporte seguro, confortável, digno e humanizado aos pacientes que porventura venham precisar nas situações de urgência e emergência deste importante serviço público, que é fundamental para o socorro e salvamento de vidas.

Toda frota recebe as revisões e manutenções elétricas, mecânicas e de acessórios exigidos nesta modalidade de transporte de pacientes, além de que, os motoristas são capacitados para os padrões e protocolos de atuação no suporte de apoio aos socorristas e equipe médica e de enfermagem nos casos mais complexos.

Além da Ambulância Montana totalmente equipada e 0 Km entregue no mês de outubro deste ano, já está no planejamento administrativo da Prefeitura Municipal de Nova Santa Helena para 2020 a aquisição de mais 01 Unidade Móvel de Saúde, desta feita de um porte maior, especialmente para otimizar o transporte de pacientes para os hospitais de referência da região.

Comentários
Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doNotícia Vip , does not reflect the opinion of this site or its authors and is the responsibility of the readers that publish.

Nortão

FECOMIN inicia visitas técnicas para propagação da mineração legal com sustentabilidade em MT

Iniciado o cronograma de visitação e elaboração do informe técnico institucional sobre a extração mineral sustentável no Vale do Rio Peixoto.

FECOMIN inicia visitas técnicas para propagação da mineração legal com sustentabilidade em MT
Foto: Área sendo recuperada após extração mineral

A nossa equipe de reportagem acompanhou o Presidente da FECOMIN – Federação das Cooperativas de Mineração do Estado de Mato Grosso, Gilson Gomes Camboim, no cronograma de visitação e elaboração do informe técnico institucional sobre a extração mineral sustentável no Vale do Rio Peixoto.

Uma frente de mineração de ouro em Matupá serve de referência em se tratando de garimpagem formal empreendida seguindo todos os preceitos de caráter ambiental. Desde de a pesquisa e sondagem, remoção e armazenagem do solo orgânico, abertura das cavas de mineração, implantação de sistema de circuito fechado de água anti-contaminação, extração com incorporação de máquinas pesadas, não utilização de produtos químicos no manejo da atividade e após exaurida a jazida de ouro o fechamento das escavações.

O Presidente da FECOMIN, Gilson Camboim, destacou que uma das principais fases está exatamente no cumprimento fiel do PRAD – Plano de Recuperação de Área Degradada – uma obrigação da legislação ambiental, onde se desenvolve a recuperação da geografia do terreno através do nivelamento da área garimpada, recomposição do solo com o retorno do material orgânico, e no caso específico destes 10 hectares já garimpados nos últimos dois anos, o plantio de sementes de capim para pastagem, já que nesta região existe uma consorciação entre garimpo-pecuária.

A Federação das Cooperativas de Mineração do Estado de Mato Grosso estará estabelecendo parcerias com Universidades, Empresas, Indústrias, Organizações Governamentais e Não Governamentais, Institutos e outros, com objetivo de prestar suporte as cooperativas associadas a FECOMIN para execução compartilhada de projetos de pesquisa geológica com foco em Mineração e Desenvolvimento Sustentável, visando o aperfeiçoamento técnico da exploração mineral em todas as regiões do território Mato-grossense.  

“Queremos deixar evidenciado que a FECOMIN irá atuar para que haja a fomentação e o desenvolvimento extrativo mineral. Nossas ações estarão sendo pautadas no fortalecimento das políticas públicas voltadas para esta atividade de grande potencial econômico para Mato Grosso. Ajudando a promover o desenvolvimento das cooperativas e a agregação de valor às matérias primas desta importante cadeia produtiva. Para tanto iremos trabalhar constantemente em sintonia com os órgãos ambientais e as esferas de governo para otimização das leis vigentes e a desburocratização”, declarou Gilson Gomes Camboim.

Fique por dentro:

Os municípios do Vale do Peixoto produzem cerca de 7 toneladas de ouro por ano e mais de R$ 1 bilhão. Todo este volume é 100% tributado. Portanto, a mineração legal e sustentável promove a geração de empregos e tornou-se uma das principais fonte de renda dos municípios.

Continue Lendo

Matupá

Concluída ampliação da Escola Mundo Encantado da Criança

Mais de R$ 965.000,00 de investimentos na infraestrutura escolar Matupaense

Concluída ampliação da Escola Mundo Encantado da Criança
Foto: Escola Mundo Encantado da Criança

Foi concluída a obra de construção da cozinha, refeitório, despensa, banheiros, central de distribuição de gás e horta comunitária escolar da Escola Mundo Encantado da Criança, localizada no Bairro Jardim das Flores em Matupá-MT.

Os mais de 420 alunos que estão recebendo as atividades pedagógicas a distância, através da modalidade remota de ensino, com todo assessoramento dos professores, coordenação e direção brevemente acessarão este novo espaço.

Foram investidos na promoção das melhorias estruturais mais de R$ 965.000,00.

Aproveitando o período de suspensão das aulas presenciais por conta da pandemia do novo corona vírus, o Prefeito Valtinho Miotto também determinou a construção de calçadas de tijolos intertravados e estacionamento estratégico no entorno da unidade pública escolar.

O novo prédio segue os padrões sanitários, sistema de prevenção de incêndios e de Proteção as Descargas Atmosféricas, além de mecanismos prediais de acessibilidade.

“Assim que sairmos desta crise epidemiológica da Covid-19, a Escola Mundo Encantado da Criança poderá receber os alunos com uma infraestrutura ainda melhor para o momento das refeições ou merenda, além de aprenderem logo cedo, a importância do cultivo da terra e dela extrair o alimento através da horta comunitária escolar. Todo complexo de cozinha, refeitório, despensa, banheiros e outros setores edificados, também proporcionam melhores condições de trabalho aos servidores públicos da educação”, enfatizou o Prefeito Valtinho.

A Secretaria de Educação fez a complementação dos equipamentos, aparelhos e mobiliários.

Continue Lendo

Mais lidas da semana