Redes Sociais
Redes Sociais

Peixoto de Azevedo

Vereador Paulistinha propõe bonificação financeira aos profissionais de saúde

Segundo o parlamentar seria uma forma de compensação, valorização e incetivo aos que atuam nas Unidades Básicas de Saúde e Hospital Regional neste enfrentamento a Pandemia do Coronavírus.

Vereador Paulistinha propõe bonificação financeira aos profissionais de saúde
Foto: Vereador Paulistinha em tribuna

Leia a íntegra da postagem do vereador Nilmar Nunes Miranda (Paulistinha) em sua rede social.

Hoje venho com respeito e muita dignidade não apenas parabenizar e homenagear os guerreiros trabalhadores da saúde pública Peixotense. Quer seja das Unidades Básicas de Saúde ou do Hospital Regional.

São esses profissionais que acalentam o desespero, medo e a angústia do povo diante da Pandemia do Coronavírus.

Rogo a Deus pela Vida e Saúde de nossos agentes comunitários de saúde e de endemias, pelos médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares, odontólogos, psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, assistentes sociais, vigias, agentes de limpeza, motoristas de ambulâncias, e outros aguerridos servidores que estão a frente deste grande enfrentamento do COVID-19, deixando seus lares, famílias, parentes e amigos, para cumprir a sua árdua e honrosamente missão de conter a disseminação e promover o tratamento de quem por ventura foi acometido pela doença.

Mas não comungo do pensamento e ideia de que isso é o suficiente, diante da situação de grande risco de contágio que estão sofrendo neste período, onde muitos estão em quarentena na segurança de seus lares e tomando as precauções de higienização, enquanto este exército de homens e mulheres da saúde pública municipal travam uma verdadeira guerra contra este vírus que se mostra cada vez mais forte e mortal.

Como Vereador de Peixoto de Azevedo solicito ao Prefeito Maurício Ferreira de Souza e ao Secretário de Saúde Madson Fontoura, que estudem urgentemente uma forma e mecanismo de valorização, incentivo e compensação financeira a estes profissionais, pelo menos neste momento de evolução da pandemia no estado de Mato Grosso.

Que cada servidor da saúde tenha em seu salário uma espécie de bonificação justa pelo mérito do trabalho incansável e humanizado a todos que estão buscando a rede do Sistema Único de Saúde – SUS.

É o mínimo que podemos fazer por essas pessoas que estão dedicando suas vidas, capacidade e profissionalismo para salvar outras vidas.

Peço a todos os demais companheiros legisladores que me apoiem nesta medida urgente de validação dos serviços destes funcionários que merecem aplausos sim, mas acima de tudo RESPEITO, VALORIZAÇÃO e DIGNIDADE.

GARÍS PEIXOTENSES

Por fim, que este benefício também seja dado a todos os GARÍS PEIXOTENSES, que continuam fazendo a limpeza em nossa cidade e cooperando diretamente com o combate ao aedes aegipty, mosquito transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya, que já tem acometido nosso povo.

Obrigado a toda municipalidade por apoiar este vereador, que senti muito em não poder fazer além de suas possibilidades.

#juntosvenceremos
#servidorvalorizado
#vereadordeverdade

 
Comentários
Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doNotícia Vip , does not reflect the opinion of this site or its authors and is the responsibility of the readers that publish.

Matupá

Empreiteira recebe ordem de paralização das obras de Iluminação de LED em Matupá

Várias vias que seriam contempladas com os braços ornamentais e lampadas de LED serão prejudicadas com a repentina paralização das obras.

Empreiteira recebe ordem de paralização das obras de Iluminação de LED em Matupá
Foto: Implantação de Iluminação de LED em Matupá

A nossa reportagem recebeu uma denúncia sobre a paralização das obras de implantação de iluminação ornamental nas vias de acesso ao Complexo Turístico dos Lagos de Matupá.

Em conversação com o Técnico Responsável da Empresa Tartari Engenharia e tecnologia, Ricardo Augusto, a cerca de uma semana o setor de engenharia da prefeitura contatou os diretores para anunciar a ordem de paralização e uma possível rescisão contratual a pedido do Prefeito Fernando Zafonato.

A obra havia sido licitada e estava em fase de execução, como aconteceu parcialmente nas Avenidas Interlagos, Irmã Adelis, Interpeninsular e Sebastião Alves Júnior.

Acontece que na manhã desta terça-feira (26) a empreiteira fez o recolhimento dos veículos e maquinários, lacrou o contêiner de fios, lâmpadas e conduites, bem como dos braços fabricados exclusivamente para atender as especificações do contrato de iluminação turística, e liberou a equipe de operários, ou seja, estão deixando a cidade de Matupá.

Com isso, o projeto iniciado na gestão anterior ficará inacabado, uma vez que vários trechos das vias estão com apenas 20% de obra executada, a exemplo do percurso torre de telefonia até a Borracharia Matupá (Avenidas Irmã Adelis/Interpeninsular), seguimento Cachaçaria do Cheff até a antiga Nogueira Funilaria e Pinturas (Avenida Interlagos/Lago do Dendê), lateral direita do Sicredi até Boa Vista Máquinas (Avenida Irmã Adelis/Lago do Dendê), e outros pontos que continuam com a antiga e defasada estrutura de iluminação.

Os proprietários de residências, comércios e empresas que até então estavam comemorando a renovação da iluminação dessas vias, através da substituição de lâmpadas incandescentes por de LED, questionam os vereadores e a própria prefeitura em relação aos motivos e justificativas do abandono das obras, que inclusive estão melhorando a visibilidade no período noturno, assegurando mais economia aos cofres públicos, promovendo segurança aos transeuntes e embelezando urbanisticamente a cidade.

Segundo o Técnico da Tartari Tecnologia, Ricardo Augusto, a empresa está de viagem/mudança para o município de Alta Floresta, onde estará a frente de outras obras nos setores público e privado, e que foram pegos de surpresa com o pedido de paralização por parte da Prefeitura de Matupá, uma vez que todo material e a logística de execução estavam acontecendo dentro dos padrões exigidos.

Fica o espaço aberto aos vereadores da Câmara Municipal e ao Poder Executivo para que venham informar a municipalidade sobre a tomada de decisão que acaba de deixar uma obra inacabada, mesmo que licitada e com dinheiro em conta, já que o projeto demanda recursos federais e municipais.   

"Nossa, estava ficando lindo demais, além de muito melhor iluminado. Até nós que moramos nas imediações nos sentimos mais seguros com a claridade. Os vereadores de Matupá e a própria Prefeitura tem por obrigação de nos manter informados, afinal é dinheiro público. O medo é que essa obra fique pela metade, prejudicando todos que passam por essas avenidas", disse a moradora Maria de Lurdes Carvalho. 

Continue Lendo

Mais lidas da semana