Redes Sociais
Redes Sociais

Mato Grosso

Menina de 13 anos é encontrada morta com sinais de espancamento em MT

Pedaços de madeira e tijolos com sangue foram encontrados na cena do crime e podem ter sido usados para atingir a cabeça da vítima.

Menina de 13 anos é encontrada morta com sinais de espancamento em MT
Foto: Divulgação

Corpo da menina Anna Luiza Nunes do Carmo, 13, que estava desaparecida desde terça-feira (31), na cidade de Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá), foi encontrado no final da madrugada de quinta-feira (2), com sinais de espancamento e várias lesões na cabeça. Não se sabe a motivação do crime. Polícia Civil investiga. 

A reportagem do Gazeta Digital conversou com o delegado Nilson Farias, da Polícia Civil, que confirmou a identidade da vítima. O corpo foi encontrado em um terreno na avenida Curitiba, que é conhecido por ser frequentado por usuários de drogas. Um deles foi quem encontrou e chamou a polícia. 

Familiares estiveram na cena do crime e fizeram o reconhecimento do corpo. Peritos realizaram o trabalho na área e afirmaram que a menina pode ter sido morta há mais de 24 horas, isso se deve ao estágio de decomposisão em que o corpo foi encontrado. 

Ainda conforme a perícia, pedaços de madeira e pedaços de tijolos com sangue foram encontrados na cena do crime e podem ter sido usados para atingir a cabeça da vítima, que tinha um ferimento grave na parte de trás.

Ela ainda tinha lesões nas costas, mas não havia indicios de crime sexual. Para isso, só o exame para comprovar. O corpo estava com as roupas que a vítima usava na hora que saiu de casa.

Desaparecimento

O desaparecimento da menor foi comunicado à polícia na quarta-feira (1). Ela fugiu de casa durante a madrugada, sendo vista pela família pela última vez na noite de terça, quando disse que ia dormir.

Quando a mãe da menina entrou no quarto dela, já pela manhã, observou que na cama só estavam os travesseiros envoltos pelo cobertor. Depois disso, não tiveram mais notícias sobre o seu paradeiro.

Comentários
Aviso Legal: Qualquer texto publicado na internet através doNotícia Vip , does not reflect the opinion of this site or its authors and is the responsibility of the readers that publish.

Peixoto de Azevedo

Secretaria de Obras recupera Estrada da Serrinha em Peixoto de Azevedo

São 10 km de patrolamento, abertura de saídas de água e cascalhamento da estrada de acesso a lavouras de grãos e garimpos.

Secretaria de Obras recupera Estrada da Serrinha em Peixoto de Azevedo
Foto: Recuperação da Estrada
Uma patrulha de maquinários da Secretaria de Obras de Peixoto de Azevedo está fazendo a recuperação de um trecho de aproximadamente 10 km da Estrada Municipal da Serrinha.
 
Estão sendo executados: patrolamento, cascalhamento e abertura das saídas de água.
 
Mesmo em tempos de intensas chuvas, a prioridade é garantir o escoamento de grãos como a soja, o transporte de gado até os frigoríficos e o acesso as frentes de garimpo de ouro desta região.
 
 
Estão sendo utilizados 01 PC, 02 Caminhões Basculantes e 01 Moto-Niveladora na revitalização desta importante via de escoamento da produção agropecuária e mineral.
 
O Prefeito Maurício Ferreira de Souza determinou que a Secretaria de Obras mantenha uma patrulha de maquinários de plantão para atender as demandas do setor produtivo e de empreendimentos de mineração, duas fortes cadeias para o fortalecimento econômico e a geração de empregos em Peixoto de Azevedo-MT.
 
 
“A expectativa é de que os trabalhos de revitalização neste trecho mais crítico seja feita em três dias, garantindo a trafegabilidade na Estrada da Serrinha. As melhorias são paliativas, uma vez que apenas no período de estiagem poderá ser feito uma restauração de maior durabilidade”, enfatizou o Secretário de Obras, Flávio Duarte.
 
Todos os serviços estão sendo desenvolvidos com recursos próprios da Prefeitura Municipal de Peixoto de Azevedo.
 
Continue Lendo

Social

Machadão Atacadista já repassou R$ 28.500,00 para APAEs de Matupá, Peixoto e Guarantã

A terceira etapa de repasse financeiro da Campanha Colabore aconteceu no Machadão Atacadista de Matupá

Machadão Atacadista já repassou R$ 28.500,00 para APAEs de Matupá, Peixoto e Guarantã
Foto: Entrega dos Cheques as APAEs

Cumprindo sua missão social, o Machadão Atacadista fez esta semana a 3ª entrega de recursos financeiros do ‘Projeto Colabore’ as Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) das cidades de Matupá, Peixoto de Azevedo e Guarantã do Norte.

Até o momento as entidades filantrópicas já receberam no total R$ 28.500,00, sendo que cada APAE recebeu de doação o valor de R$ 9.000,00.

O Machadão Atacadista de Matupá agradece a população regional pela adesão a campanha ao comprar as sacolinhas plásticas beneficentes pelo preço de R$ 0,10 cada, cujo valor líquido é repassado às APAEs, valor de extrema importância para manutenção de suas atividades, projetos, estrutura física e outras demandas de atendimento aos portadores de necessidades especiais.  

Evandro Kommers e Yolanda Lazarotto, Diretores das APAEs de Peixoto e Matupá, enalteceram a iniciativa do Machadão Atacadista, que vem de encontro as necessidades das instituições filantrópicas que atuam com a ajuda e colaboração direta da comunidade.

“Esses valores são significativos para que possamos aprimorar todas as nossas atividades em beneficio dessas pessoas especiais, que precisam de amparo, auxílio, atenção, respeito e muito amor. O Machadão tem proporcionado a continuidade de muitas ações estruturais e no cumprimento das metas da APAE. Em nome dos pais e alunos registramos o profundo agradecimento e gratidão pela solidariedade”, disse o Diretor da APAE Peixotense, Evandro Kommers.

O Machadão Atacadista reconhece, valida e respalda o trabalho desenvolvido pelas APAEs da região Vale do Peixoto, que proporcionam o acesso ao conhecimento, aos direitos constituídos, a cultura e o esporte, à reabilitação, à promoção de autonomia para pleno exercício da cidadania das pessoas com deficiência intelectual e múltiplas, fornecendo aos alunos independência e autonomia.

Continue Lendo

Peixoto de Azevedo

Peixoto de Azevedo recebe Prêmio Internacional em Trabalho Epidemiológico da COVID-19

Foi o 1º Lugar no XII Encontro Científico Internacional do Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do Sistema Único de Saúde (SUS).

Peixoto de Azevedo recebe Prêmio Internacional em Trabalho Epidemiológico da COVID-19
Foto: Prêmio Internacional de Epidemiologia
Pela primeira vez ao longo de sua história, o município de Peixoto de Azevedo através dos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde foi premiado no XII Encontro Científico Internacional do Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do Sistema Único de Saúde (SUS).
 
O evento aconteceu em Brasília nos dias 29 e 30 de outubro de 2020 de forma Online e Semipresencial, e foi organizado pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPA).
 
O trabalho apresentado na Modalidade Pôster/EPISUS Fundamental, intitulado ‘COVID-19: Um estudo descrito das ações diretas para interrupção da cadeia de transmissão de caso índice de Peixoto de Azevedo em 2020’, foi merecedor do 1º lugar com publicação oficial no Caderno do Ministério da Saúde/Governo Federal.
 
 
Esse mérito é de todos os profissionais que atuam nas Unidades Básicas de Saúde, Resgate, Centro de Atenção Psicossocial, Vigilância Epidemiológica, Comitê de Enfrentamento, Centro de Operações Emergenciais, Hospital Regional, Centro Especializado de Atendimento à COVID-19 e do respaldo dado pelo Secretário Municipal de Saúde, Madson Fontoura.
 
“Foi um trabalho em conjunto desde a notificação do primeiro caso, e a partir daí, iniciamos as investigações epidemiológicas e de monitoramento dos contatos nos meios: laboral, domiciliar e social. Conseguimos então confirmar a ocorrência do contágio, descrever a sua evolução, e construir medidas eficazes para mitigação, prevenção e controle das situações de contágio e disseminação do coronavírus. E o que mais nos alegra, é que posteriormente, o Ministério da Saúde publicou protocolos e orientações aos profissionais e a população Brasileira”, explicou uma das Autoras do Trabalho, a Enfermeira Aline Danielli Silva.
 
 
A Secretaria Municipal de Saúde já desenvolve reuniões preparatórias de organização e planejamento estratégico de vacinação da população contra a COVID-19 e continua focada na intensificação de ações e medidas preventivas que possam minimizar o número crescente de notificações, casos confirmados e o índice de óbitos.
 
Os Autores do trabalho que foi classificado nos âmbitos estadual e nacional: Aline Danielli Silva, Davis Arestides Silva, Érica Letícia Rodrigues, Sérgio Bertinetti, Denisson Borges, Adriana Pereira e Orisvania Brandão, receberam Certificados e o Troféu de 1º Lugar do XII Encontro Científico Internacional do Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada aos Serviços do Sistema Único de Saúde (SUS).
 
 
EpiSus
 
O programa, implantado no Brasil em março de 2017, foi desenvolvido pelo Ministério da Saúde em parceria com a Rede de Programas de Treinamento em Epidemiologia de Campo e Intervenções em Saúde (TEPHINET), o Centers for Disease Control and Prevention (Atlanta/EUA) e as Secretarias Estaduais e o Distrito Federal.
 
Trata-se de iniciativa que visa implantar um modelo piramidal de treinamentos em epidemiologia de campo, com três níveis: Fundamental, Intermediário e Avançado. É um treinamento em serviço, com enfoque predominantemente prático no aprimoramento das habilidades do profissional em seu contexto de atuação.
 
O objetivo do treinamento é qualificar as ações realizadas pelos profissionais que atuam em Vigilância em Saúde, fortalecendo a capacidade de enfrentamento aos problemas relacionados às ações da área e de resposta ao Sistema Único de Saúde (SUS).
 
Continue Lendo

Mais lidas da semana